23°
Máx
12°
Min

Micale desabafa contra críticas ao Brasil e defende Neymar

Micale fez um desabafo contra as críticas que estão sendo feitas ao futebol brasileiro (Foto:  André Borges/ Agência Brasília)  - Micale desabafa contra críticas ao Brasil e defende Neymar
Micale fez um desabafo contra as críticas que estão sendo feitas ao futebol brasileiro (Foto: André Borges/ Agência Brasília)

O técnico Rogério Micale mudou de estilo e fez nesta terça-feira um desabafo contra as críticas que estão sendo feitas ao futebol brasileiro, muitas delas, de acordo com ele, motivadas por fatores externos ou que não têm importância direta no rendimento de jogadores e equipes. Ele defendeu novamente o atacante Neymar e pediu uma reflexão de todos para que possa acontecer realmente uma evolução.

"Enquanto ficamos preocupados com a tarja de capitão, com situações individuais e não abrir discussão sobre o que está acontecendo com o nosso futebol, no nível tático, vamos permanecer na mesmice", disse Micale em entrevista na Fonte Nova, palco do próximo compromisso da seleção brasileira na Olimpíada.

"Continuamos querendo cabeças, culpados. Para avançarmos na discussão, deveríamos ter um pouco mais de profundidade e não sermos superficiais em pontos que não agregam nada dentro de campo."

A fala de Micale foi uma defesa de Neymar, e foi feita antes de o treinador ser perguntado diretamente sobre o comportamento do capitão da equipe dentro e fora do campo.

O treinador prosseguiu, dizendo que se as cobranças continuarem os jogadores podem até desistir de defender a seleção brasileira. De novo era uma referência a Neymar. "Se não tivemos uma transição, não respeitarmos os nossos craques, já já não vão querer estar com a gente."

Micale lembrou que o jogador do Barcelona vem de uma geração que não se firmou no futebol e que, apesar de jovem (24 anos) tem de lidar com a pressão de ser um líder. "Ele ainda não atingiu a maturidade total. O jogador atinge aos 28 anos, chega ao ápice."

A seleção olímpica define seu futuro nos Jogos nesta quarta-feira, contra a Dinamarca, na Fonte Nova. Micale faz o único treino de preparação para esta partida no fim da tarde. Ele deve escalar Luan no ataque, no lugar de Gabriel Jesus. Além disso, deve colocar o volante Walace no lugar do suspenso Thiago Maia.