22°
Máx
14°
Min

Micale prega conversa e evita mudanças na seleção para jogo contra Iraque

(Foto: Divulgação/CBF) - Micale prega conversa e evita mudanças na seleção contra Iraque
(Foto: Divulgação/CBF)

O técnico Rogério Micale não pretende mexer no time nem fazer alterações táticas na seleção olímpica do Brasil. O tropeço e o mau futebol da estreia tiveram impacto na equipe e na comissão técnica. O treinador, porém, tem dois fortes motivos para não fazer mudanças: confiança no sistema de jogo e pouco tempo para treinar.

Neste domingo, a seleção faz contra o Iraque, também em Brasília, o segundo jogo no torneio masculino da Olimpíada. E a rigor, haverá apenas um treinamento, a ser realizado na tarde deste sábado, entre o 0 a 0 com a África do Sul e o confronto com os iraquianos.

"Há um conceito de jogo estabelecido e não será em razão de um empate que vamos mudar tudo o que trabalhamos", defende Micale. "Tenho de ter tranquilidade. O que vou fazer é abraçar a equipe."

Ele sabe, porém, ser necessário fazer vários ajustes. Contra os sul-africanos faltou, entre outras coisas, movimentação, triangulações, velocidade e a marcação sob pressão na saída de bola adversária. Situações exercitadas intensamente nos 14 dias de treinos que precederam a estreia.

Micale ficou abatido com o empate de quinta-feira, as vaias da torcida e a dificuldade que o time teve de se livrar da marcação dos africanos - duas linhas de quatro. Além disso, percebeu que jogadores como Neymar e Renato Augusto não suportaram fisicamente o ritmo do jogo. "Mas temos duas partidas para dar a resposta e nos classificar, que é o nosso objetivo. Vamos nos fortalecer para tentar fazer isso o mais rápido possível."

Mais do que o treinamento único, Rogério Micale vai usar a conversa para tentar fazer os ajustes. Desde a manhã de sexta-feira, está tendo conversas individuais com os jogadores. "Eu faço muito isso nas equipes em que trabalho, sempre procurei conversar individualmente e coletivamente com meu atleta para tentarmos achar um equilíbrio e que a equipe se entenda melhor."