21°
Máx
17°
Min

Micale promete trabalho para ajustar seleção olímpica para partida no domingo

(Foto: Divulgação/CBF) - Micale promete trabalho para ajustar seleção olímpica para domingo
(Foto: Divulgação/CBF)

O técnico Rogério Micale ainda não sabe exatamente o quê. Mas saiu do empate sem gols da seleção olímpica com a África do Sul consciente de que a equipe precisa de ajustes e, apesar do tempo curto, espera fazê-los já para a partida contra o Iraque, neste domingo. Ele considera que o time foi bem em alguns momentos, mas reconhece falta muito para atingir um bom nível.

“Vou ter que rever o jogo, ver o que posso fazer para melhorar", disse Micale após o empate. “A partir do momento que entra a competição, não tem mais tempo para treinar, tem de conversar. Vamos avançar no que puder, é isso que tem que ser feito. Podemos evoluir, avançar e tentar corrigir".

O treinador não quis adiantar se vai mexer na equipe. Não fez críticas a nenhum jogador e entende que, de maneira geral, houve boa assimilação do que foi proposto e treinado durante a preparação. “A gente treinou e transferiu para situações de jogo que nos foram pedidas tudo o que foi trabalhado. Tentamos reproduzir o que treinamos. Faltou a questão de a bola entrar, o detalhe do gol".

Micale, porém, salientou que a África do Sul foi um oponente forte para a seleção, até mesmo quando ficou com 10 jogadores - Mvala foi expulso. “Do outro lado tinha equipe forte e determinada, com contra-ataque forte. Eles levaram vantagem no contato físico, isso nos trouxe dificuldade para impor o jogo”, disse o treinador.

Procurando ver os aspectos positivos, Rogério Micale disse que os jogadores mostraram ter boa reação nos momentos mais difíceis da partida. “Vamos nos fortalecer ainda mais como o grupo. Podemos evoluir, avançar e tentar corrigir. O importante é se recuperar o mais rápido possível pois temos dois jogos importantes e o objetivo é classificar.