21°
Máx
17°
Min

Mineirinho comemora inclusão do surfe no programa olímpico

Foto: Divulgação/WSL - Mineirinho comemora inclusão do surfe no programa olímpico
Foto: Divulgação/WSL

Atual campeão do Circuito Mundial de surfe, o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, comemorou nesta quarta-feira a inclusão da modalidade no programa olímpico dos Jogos de 2020, em Tóquio. O surfista disse que "seria um sonho vestir a lycra verde e amarela" daqui a quatro anos.

"Eu sempre sonhei em representar o Brasil no surfe, mas nunca existiu uma competição entre países. Também sempre sonhei com as Olimpíadas, mas nunca aconteceu de termos surfe. Seria um sonho poder vestir a lycra verde e amarela e poder conquistar uma medalha olímpica e vou tentar realizar ele em 2020", disse Mineirinho.

A aprovação também foi celebrada pelo CEO da World surf League (que organiza o Circuito Mundial), Paul Speaker. "Este é o um grande momento para o surfe profissional e uma validação do surfe como um esporte com participação de atletas e espectadores em todo o mundo. É admirável que os nossos incríveis atletas vão ter a oportunidade de mostrar seus talentos e habilidades representando seus países para a enorme audiência global das Olimpíadas", declarou.

O surfe foi aprovado nesta quarta em reunião do Comitê Olímpico Internacional realizada nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Além do surfe, o COI incluiu o skate, a escalada, o caratê e o beisebol/softball no programa olímpico de Tóquio-2020. A aprovação destas modalidades visa atrair jovens e a nova geração para o movimento olímpico.