27°
Máx
13°
Min

Natação coloca os Estados Unidos na liderança do quadro de medalhas do Rio-2016

Natação coloca os Estados Unidos na liderança do quadro de medalhas

Maior potência esportiva do mundo, os Estados Unidos já no segundo dia de disputas oficiais dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 assumiram a liderança do quadro de medalhas. Neste domingo, a primeira colocação veio graças às duas de ouro conquistadas na natação, além de mais uma de prata e quatro de bronze. Com 12 no total, os norte-americanos já têm três medalhas douradas, cinco prateadas e quatro terceiros lugares.

As duas vitórias dos Estados Unidos na natação neste domingo foram significativas. No revezamento 4x100 metros livre, o time teve a presença do astro Michael Phelps, maior atleta olímpico da história, que estreou nos Jogos do Rio conquistando a sua 19.ª medalha de ouro olímpica da carreira, a 23.ª no total. Já nos 400 metros livre feminino, Katie Ledecky pulverizar o seu próprio recorde mundial.

Também com três medalhas de ouro, mas com menos de prata e de bronze, estão outros dois países com muita tradição olímpica. A China venceu provas nos saltos ornamentais e no levantamento de peso para ficar na frente da Austrália por ter duas de prata a mais. Neste domingo, os australianos comemoraram vitórias na natação (revezamento 4x100 metros livre feminino) e tiro esportivo.

Na sequência vem a Itália com seus duas medalhas de ouro conquistadas neste domingo. Uma no judô com Fabio Basile, que desbancou os favoritos japoneses e sul-coreanos na categoria até 66kg. E a outra na esgrima com Daniele Garozzo no florete individual masculino.

No total, 17 países já ganharam medalha de ouro. Entre eles, uma grata surpresa. Na categoria até 52kg do judô feminino, Majlinda Kelmendi fez história para o Kosovo, que se tornou independente da Sérvia e em 2014 conseguiu virar membro do COI. Há quatro anos, ela disputou a Olimpíada de Londres representando a vizinha Albânia.

Ainda fora da meta estabelecida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) - de terminar os Jogos no Top 10 -, o Brasil caiu da 14.ª para a 20.ª colocação no quadro de medalhas já que passou em branco neste domingo. A única medalha até agora é a prata de Felipe Wu na prova de Pistola de ar 10 metros masculino do tiro esportivo, a primeira da modalidade desde 1920.

Até agora, 31 países já ganharam ao menos uma medalha no Rio-2016. O Brasil está empatado com Dinamarca, França, Indonésia, Nova Zelândia, Filipinas, Coreia do Norte e África do Sul.