28°
Máx
17°
Min

No aniversário de 15 anos de grave acidente, Zanardi fatura prata no Rio-2016

No aniversário dos 15 anos do mais grave acidente da sua vida, Alessandro Zanardi teve motivos para sorrir. Nesta quinta-feira, o italiano conquistou a sua segunda medalha na disputa do ciclismo nos Jogos Paralímpicos do Rio ao ficar na segunda posição, o que lhe rendeu a prata, na prova de estrada da classe H5 (bicicletas adaptadas, usadas com os braços).

Ex-piloto de Fórmula 1 e dono de dois títulos da Champ Car, uma das categorias em que a Fórmula Indy se dividiu durante um período, conquistados em 1997 e 1998, Zanardi sofreu um brutal acidente em 15 de setembro de 2001, na etapa alemã da categoria, disputada em um circuito oval, com o seu carro sendo atingido em cheio pelo do canadense Alex Tagliani.

Com o impacto da batida, Zanardi perdeu as duas pernas e precisou se afastar do automobilismo, depois voltando a competir com carros adaptados. Posteriormente, o italiano ingressou no esporte paralímpico e já havia brilhado em Londres-2012, tendo faturado duas medalhas de ouro e uma de prata.

No Rio, Zanardi já havia vencido a prova do contrarrelógio H5, na última quarta-feira. Nesta quinta, então, ele voltou a competir, dessa vez na prova de estrada e garantiu mais uma medalha, dessa vez a de prata, na competição realizada no Pontal, passando a acumular cinco medalhas paralímpicas na sua carreira.

A prova de estrada teve um final emocionante, sendo definida apenas na linha de chegada. A medalha de ouro acabou sendo conquistada pelo sul-africano Ernst van Dik, que conseguiu ficar à frente de Zanardi. Já o bronze foi para o holandês Jetze Plat.

Zanardi ainda tem uma prova a disputar na Paralimpíada do Rio. Nesta sexta-feira, a partir das 15h30, o italiano vai competir na prova de revezamento por equipes misto, das classes H2 até H5.