22°
Máx
17°
Min

Norte-americana vence e dá primeiro ouro ao país no triatlo; brasileira é 40ª

(Rio 2016) - Norte-americana vence e dá primeiro ouro ao país no triatlo
(Rio 2016)

Potência nos mais diversos esportes, os Estados Unidos viu cair neste sábado um raro jejum de ouro em uma modalidade olímpica. Pela primeira vez na história dos Jogos, o país venceu uma disputa no triatlo. Gwen Jorgensen foi a responsável pelo feito na prova disputada no Rio.

Campeã mundial em 2014 e 2015, Jorgensen ganhou espaço no cenário do triatlo nos últimos anos e chegou ao Rio como uma das candidatas ao ouro. Confirmou esta condição neste sábado e deu aos Estados Unidos apenas sua segunda medalha olímpica na modalidade - em Atenas-2004, Susan Williams foi bronze.

Jorgensen terminou a prova com o tempo de 1h56min16s, com vantagem até confortável para a segunda colocada. A suíça Nicola Spirig Hug, ouro em Londres-2012, desta vez teve que se contentar com a prata, após cravar 1h56min56s. O bronze foi para a britânica Vicky Holland, com 1h57min01.

Para faturar o ouro, Jorgensen precisou mostrar toda sua força na corrida. A norte-americana não figurava nem entre as 20 primeiras na primeira transição, do nado para o ciclismo. Na segunda, da bicicleta para a corrida, subiu para a quarta colocação, e só então disparou para assumir a ponta e vencer.

Caminho oposto ao da única brasileira na prova, Pamella Oliveira, que foi somente a 40.ª colocada neste sábado, com o tempo de 2h04min03. Ela terminou bem a parte do nado e figurava na terceira colocação quando começou o ciclismo. Ao deixar a bicicleta, já era a 26.ª, e daí para frente foi caindo de posição.