22°
Máx
14°
Min

Obras dos centros de tênis e hipismo da Olimpíada são retomadas

Paradas desde o mês passado após a Prefeitura do Rio romper os contratos com as empresas responsáveis pelas obras, os trabalhos para conclusão do Centro de Tênis, no Parque Olímpico da Barra, e do Centro de Hipismo, no Complexo Esportivo de Deodoro, foram retomados. A informação foi dada nesta sexta-feira pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes. Duas novas empreiteiras foram contratadas para finalizar as instalações.

Segundo a Prefeitura do Rio, não haverá maior injeção de dinheiro do que o previsto para a conclusão das obras. A construtora Zadar, que assumiu o Centro de Hipismo, e a Volume, que irá terminar o Centro de Tênis, receberão exatamente o valor que faltava pagar à Ibeg, empreiteira que iniciou as duas instalações.

O rompimento do contrato com a Ibeg aconteceu em janeiro, em dois momentos. Primeiro, a empresa - que liderava um consórcio que tinha ainda as construtoras Tangran e Damiani - perdeu o contrato do Centro de Tênis, que está com 90% das obras concluídas.

Menos de uma semana depois, o Rio rompeu com a empreiteira devido a "atrasos nas obras e desrespeito a cláusulas contratuais" na reforma do Centro de Hipismo, cujo índice de execução não é revelado. A construtora prometeu acionar a prefeitura dojudicialmente.