22°
Máx
14°
Min

'Os 7 a 1 não têm nada a ver com meu time', diz técnico alemão antes de final

(Foto: Reprodução/Facebook) - 'Os 7 a 1 não têm nada a ver com meu time', diz técnico alemão
(Foto: Reprodução/Facebook)

Horst Hrubesch, técnico da Alemanha, afirmou que é um "sonho" enfrentar o Brasil na final do futebol masculino dos Jogos Olímpicos do Rio, sábado, no Maracanã. "Estou muito feliz, é um sonho", afirmou.

Mas, ao comemorar a vitória sobre a Nigéria por 2 a 0 e a vaga na final, conquistada na tarde desta quarta-feira, no Itaquerão, Hrubesch foi questionado sobre o assunto que tomará conta deste jogo decisivo de sábado: a vitória arrasadora da Alemanha sobre o Brasil na Copa do Mundo de 2014. E o técnico fugiu de polêmica.

"Os 7 a 1 não têm nada a ver com meu time", afirmou o comandante, para depois completar: "São jogadores jovens, com novas oportunidades e que têm a chance de jogar uma final. É isso que tem de ser comemorado".

O único jogador da Alemanha que disputa a Olimpíada e esteve presente na Copa do Mundo de 2014 é o zagueiro Matthias Ginter. No entanto, ele não atuou em nenhuma partida no Mundial.

"O 7 a 1 é incrível, claro, mas isso só acontece uma vez na carreira. Não vamos vencer o Brasil de novo por 7 a 1", disse em entrevista ao SporTV na saída do campo. Já na entrevista coletiva após o jogo, o zagueiro disse que o Brasil é favorito ao ouro. "Tem um time forte, mas não temos razões para nos esconder."