27°
Máx
13°
Min

Passagem da tocha olímpica não terá custos aos municípios

(foto: BRADESCO/ Gaspar Nóbrega) - Passagem da tocha olímpica não terá custos aos municípios
(foto: BRADESCO/ Gaspar Nóbrega)

Ao contrário de boatos que estão sendo divulgados nas redes sociais, a passagem da Tocha Olímpica não terá custos para os municípios. De acordo com o próprio Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016, nenhuma cidade brasileira terá que pagar qualquer valor para ser incluída no roteiro da Tocha. 

A assessora de relações com a imprensa do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016, Lívia Rodrigues, afirma que em nenhum momento houve algum tipo de acerto financeiro para a passagem da Tocha Olímpica, e que essas informações não passam de boatos. “O Comitê Rio 2016 não cobra qualquer valor para a cidade entrar na rota do Revezamento da Tocha Olímpica, cada uma participa da maneira como preferir. É uma grande oportunidade de todo o país fazer parte do maior evento esportivo do planeta, que acontecerá no Rio de Janeiro”, afirma a assessora.

De acordo com o secretário municipal de Esporte Ricardo Gonçalves, o custo total de despesas para realizar o evento não deve ultrapassar os R$ 15 mil, dinheiro que será investido na preparação de uma festa para a população, por isso, a maior parte dos gastos diz respeito a estrutura que será montada para o povo, como a feira da saúde, o espaço de recreação para as crianças, banheiros químicos e o que mais for necessário para o conforto dos araponguenses que prestigiarão esse dia histórico. 

"Serão investidos R$ 7,8 mil reais para a estrutura de som e palco, R$ 3,1 mil reais para recreação infantil, R$ 1,4 mil reais para alimentação da equipe de trabalho no dia do evento, R$ 900 reais para publicidade, R$ 860 reais para aluguel de banheiros químicos e R$ 620 reais para aluguel de tendas", detalhou o secretário. 

(com informações da prefeitura de Arapongas)