22°
Máx
17°
Min

Pelé diz fazer fisioterapia para participar do encerramento da Olimpíada

(Foto: Francisco Medeiros/ ME) - Pelé diz fazer fisioterapia para estar no encerramento da Olimpíada
(Foto: Francisco Medeiros/ ME)

Maior ausência na cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, Pelé afirmou nesta terça-feira que está fazendo fisioterapia para estar em boas condições físicas para estar presente no encerramento do Rio-2016, no dia 21, no estádio do Maracanã.

"Estou continuando minha fisioterapia e estou focado para poder estar com vocês nas festividades do encerramento. Eu amo vocês!", disse o Rei do Futebol, nas redes sociais. "Quero agradecer a todos pelos votos de melhoras que recebi do mundo todo", declarou o ídolo.

Pelé era cotado para assumir a simbólica função de acender a pira olímpica na abertura, na noite da sexta-feira passada. Ele chegou a confirmar o convite recebido do Comitê Rio-2016, porém alegou "compromissos profissionais" e problemas físicos para declinar do convite.

Ele dependeria da negociação da agenda de um destes compromissos para ir à abertura. Houve quem afirmasse que o motivo seria outro: um dos patrocinadores do ex-jogador é concorrente de um dos parceiros do Comitê Olímpico Internacional (COI) e isso inviabilizaria a participação dele na festa, cujas imagens foram vistas ao vivo por pelo menos três bilhões de pessoas do mundo todo. O Comitê Rio-2016 negou esta versão.

Na abertura, coube ao ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima acender a pira, após receber a tocha das mãos de Hortência, que por sua vez recebeu-a do ex-tenista Gustavo Kuerten.

Pelé vem sofrendo com problemas no quadril nos últimos anos. Em dezembro passado, o Rei do Futebol foi submetido a uma operação para corrigir erros em cirurgia realizada três anos antes. Desde então, Pelé vem se locomovendo com a ajuda de uma bengala.

O Comitê Rio-2016 ainda não se manifestou sobre uma possível participação de Pelé na cerimônia de encerramento.