27°
Máx
13°
Min

Phelps comemora 1º ouro no Rio: 'Me sinto bem em estar de volta'

(Foto: Divulgação/AgenciaBrasil) - Phelps comemora 1º ouro no Rio: 'Me sinto bem em estar de volta'
(Foto: Divulgação/AgenciaBrasil)


Michael Phelps fez seu retorno aos Jogos Olímpicos neste domingo, após anunciar sua aposentadoria ao fim da Olimpíada de Londres, há quatro anos. E o norte-americano não decepcionou. Com uma grande performance, ajudou a equipe norte-americana a vencer o revezamento 4x100 metros livre no Estádio Aquático Olímpico, no Rio de Janeiro.

"Eu me sinto bem em estar de volta. Sabia que precisava ser veloz e fiz a prova mais rápida da minha carreira. Isso é bom e vamos ver como estarei nos próximos dias", afirmou o atleta, que sempre foi melhor em provas mais longas, de 200 e 400 metros. Na noite deste domingo, ele foi o mais veloz do time, com 47s12.

Logo que o telão mostrou Phelps nesta noite a torcida vibrou como se tivesse sido um gol. Isso porque, pela manhã, ele não participou das eliminatórias do revezamento, mas à noite reforçou o time, que teve ainda Caeleb Dressel, Ryan Held e Nathan Adrian. Eles faturaram a medalha de ouro com o tempo de 3min09s92.

Foi a 19ª medalha de ouro de Phelps em sua vitoriosa carreira. O maior medalhista olímpico da história acumula agora 23 medalhas. E ainda pode ampliar o recorde porque vai disputar os 200 metros borboleta, nesta segunda-feira, os 200 metros medley, na quarta, e os 100 metros borboleta, na quinta. Sem contar as provas de revezamento, onde pode ser escalado.

Comemorando seu primeiro ouro no Rio, com a presença do filho Boomer, de apenas três meses, na arquibancada, Phelps também se divertiu com a emoção de seus companheiros. "É bom ver os garotos emocionados, eles adoram o que fazem. Foi muito bacana. Vamos ver como será a próxima prova", disse o americano, já projetando novas conquistas.