21°
Máx
17°
Min

Por escândalo de doping, Rússia vê exclusão de 8 levantadores de peso do Rio-2016

(Foto: Reprodução Facebook) - Rússia vê exclusão de 8 levantadores de peso do Rio-2016
(Foto: Reprodução Facebook)

Mais uma modalidade resolveu excluir atletas da Rússia, país envolvido em uma mega escândalo de doping, dos Jogos Olímpicos do Rio, que começarão na semana que vem. A Federação Internacional de Halterofilia (IWF, na sigla em inglês) anunciou nesta sexta-feira a exclusão de todos os oito levantadores de peso russos que estavam inscritos.

"A integridade da halterofilia foi fortemente atingida em diferentes níveis pelos russos, por isso foi aplicada a punição apropriada para preservar o esporte", informou a federação no seu site oficial.

Dois destes 8 levantadores de peso já haviam sido excluídos pelo Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em russo), entre eles Tatiana Kashirina, medalhista de prata nos Jogos de Londres-2012. Outros quatro foram banidos por terem seus nomes citados no relatório McLaren, explicou a IWF. Para justificar a exclusão dos outros dois, a entidade afirmou ter ficado "extremamente chocada e decepcionada com as estatísticas dos levantadores de peso russos" em termos de doping.

A Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) revelou um esquema de doping sistemático no esporte russo, que contava até com aval e apoio de autoridades do governo. O atletismo foi a primeira modalidade descoberta, mas a entidade também constatou irregularidades em outros esportes. Por isso, pediu o banimento total da Rússia na Olimpíada.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) não acatou o pedido, mas impôs restrições à participação dos russos no Rio de Janeiro. Na prática, a entidade "terceirizou" para as federações esportivas de cada modalidade a decisão sobre liberar ou não os atletas russos.

Para tanto, o COI determinou que as federações devem excluir qualquer esportista previamente flagrado em exame antidoping ou que foi implicado no relatório divulgado na semana passada pela Wada - que detalhou o encobrimento de casos de uso de substâncias proibidas.

Algumas federações adotaram uma linha dura, com a exclusão total (caso do atletismo) ou de grande parte da equipe russa de eventos como remo, canoagem e natação. Outros esportes, como judô e tênis, permitiram que todos possam competir.