28°
Máx
17°
Min

Por onde anda a tocha Olímpica esta semana?

Por onde anda a tocha Olímpica esta semana?

Cidades históricas, celebridades locais, festividades típicas e muitas belezas naturais adicionam uma pitada de mineirice à jornada da tocha Olímpica Rio 2016 pelo Brasil. Na segunda semana do revezamento, a chama dos Jogos Rio 2016 segue por cidades do estado de Minas Gerais, com programação intensa até o próximo domingo (15).

A Cachoeira dos Cristais, em Diamantina, a Igreja Matriz, em Serro, o Pico do Ibituruna, em Governador Valadares, e o centro histórico de Ouro Preto, além do jardim botânico e da galeria de arte a céu aberto, em Inhotim, formam o cenário perfeito para o brilho da chama e seus condutores. 

E que condutores. Os cantores Paula Fernandes e Rogério Flausino (da banda Jota Quest) são algumas das personalidades que levam o símbolo dos Jogos por Belo Horizonte. Além deles, outras  personagens do cotidiano das cidades também correm com a tocha Olímpica. Em Curvelo, por exemplo, a professora transexual Bianca Lins representa a comunidade LGBTS.

Algumas manifestações culturais também estão previstas, como a famosa Vesperata de Diamantina, evento em que os músicos tocam nas sacadas do casario histórico enquanto o público os assiste na rua, e a Festa de Agosto, em Montes Claros, uma tradição cultural e religiosa do Norte de Minas, cuja dança e cantos homenageiam os cortejos dos Caboclinhos (que representam os índios), os Marujos (portugueses) e os Catopês  (africanos).

Outros destaques são o famoso trem 'Maria Fumaça', que leva a tocha de São João del Rey para Tiradentes; e uma chuva de pétalas de rosas em Barbacena, a Cidade das Rosas. Na capital mineira, Belo Horizonte, uma pira é acesa no estádio do Mineirão (palco do futebol Olímpico em agosto) durante a passagem do símbolo, que também visita a Igreja da Pampulha, pelo estado.