26°
Máx
19°
Min

Preliminar prejudica ainda mais o campo do Mané Garrincha para estreia da seleção

Foto: André Borges/ Agência Brasília - Preliminar prejudica ainda mais o campo do Mané Garrincha para estreia
Foto: André Borges/ Agência Brasília

A seleção olímpica deverá ter alguns problemas com o gramado do estádio Mané Garrincha na estreia nos Jogos do Rio, em partida marcada para as 16 horas desta quinta-feira contra a África do Sul. Apesar da reforma emergencial do local nas últimas três semanas, ainda há alguma falhas, agravadas pelo desgaste do uso ocorrido no empate sem gols entre Dinamarca e Iraque, jogo que abriu o Grupo A do torneio masculino de futebol.

Em alguns trechos, a grama não fixou corretamente. Isso gerou buracos e tufos soltos. Em alguns momentos, quando os jogadores chutavam, podia-se ver areia levantando.

Na partida, a seleção iraquiana mostrou-se agradável surpresa. Com jogadas rápidas e envolventes, dominou toda a partida. Criou várias chances de gol nas duas etapas, nos minutos finais do segundo tempo pressionou bastante os dinamarqueses. Mas a ingenuidade e a precipitação no momento de concluir as jogadas impediu que os iraquianos, que durante todo o tempo foram empurrados por uma pequena torcida própria e pelos brasileiros, chegassem à vitória.