23°
Máx
12°
Min

Presidente da Confederação de Natação de Moscou é assaltado no Rio

(Foto: Getty Images) - Presidente da Confederação de Natação de Moscou é assaltado no Rio
(Foto: Getty Images)

O presidente da Confederação de Natação de Moscou e medalhista olímpico, Evgeny Korotyshkin, afirmou ter sido assaltado, em Ipanema, na zona sul do Rio. Em um post no Instagram na madrugada de quarta para quinta-feira, o russo contou que foi abordado por dois criminosos armados quando ia almoçar no restaurante Astor, no mesmo bairro. O ex-atleta não informou o que foi roubado, nem registrou queixa na polícia.

No relato em seu perfil do Instagram, Korotyshkin escreveu: "Este post não é sobre o esporte, mas sobre onde ele derrapou. Hoje (quarta), no caminho para almoçar no restaurante Astor, perto da Praia de Ipanema, eu fui roubado por pessoas armadas. Apresso-me para informar que está tudo bem comigo. Eles se separaram amigavelmente", disse. O russo também pediu para que não entrassem em contato pelo seu número do Whatsapp, dando a entender que o seu celular foi roubado.

Junto com a postagem, Korotyshkin publicou uma foto de duas crianças negras armadas, com rostos tampados.

A Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT) informou que, após tomar conhecimento das informações veiculadas na rede social, instaurou um procedimento para apurar o assalto sofrido pelo russo. O delegado Alexandre Braga pediu para que o atleta compareça à sede da unidade para prestar mais detalhes do ocorrido.

A Polícia Militar informou que também não foi acionada para a ocorrência. "O Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTUR) é uma unidade específica de atendimento aos turistas e está a disposição para prestar auxílio ao atleta", disse a corporação, por nota.

Korotyshkin conquistou medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, na prova dos 100 metros de nado borboleta.