27°
Máx
13°
Min

Revezamento do Brasil fica fora da final do 4x200 metros livre no Rio-2016

(Foto: Danilo Borges/ ME/ BRASIL2016) - Revezamento do Brasil fica fora da final do 4x200 metros livre
(Foto: Danilo Borges/ ME/ BRASIL2016)


A natação brasileira ficou longe de se classificar para a final do revezamento 4x200 metros livre nas eliminatórias desta terça-feira pelos Jogos do Rio, no Estádio Aquático Olímpico. O quarteto do País ficou apenas em último lugar na sua eliminatória e na 15ª posição na classificação geral.

O quarteto formado por Luiz Altamir, João de Lucca, André Pereira e Nicolas Nilo marcou o tempo de 7min13s84, só sendo mais rápido do que a equipe da Hungria e ficando a mais de 4 segundos do tempo necessário para a classificação, os 7min09s16 registrados pela Holanda, a oitava e última garantida na final.

Já a melhor marca das eliminatórias foi da equipe britânica, com o tempo de 7min06s31, seguido dos Estados Unidos, com 7min06s74. A final vai ser disputada nesta terça-feira, a partir das 23h38

Também nesta terça, Tales Cerdeira e Thiago Simon fracassaram na tentativa de avançarem às semifinais dos 200m peito - os 16 melhores se classificavam. Tales Cerdeira foi o 29º das eliminatórias, com 2min12s83, enquanto Simon ficou apenas em 36º lugar - eram 39 participantes -, com 2min15s01.

O russo Anthon Chupkov foi o destaque das eliminatórias, sendo o único a nadar a prova em menos de 2min08 - ele marcou 2min07s93. O japonês Yasuhiro Koseki foi o segundo com 2min08s61 e o australiano Andrew Willis veio logo atrás, com 2min08s92. Sem brasileiros, as semifinais dos 200m peito serão realizadas ainda nesta terça, a partir das 23h03.