22°
Máx
17°
Min

Robenilson perde e Brasil começa mal dia decisivo no boxe

(Foto: Daniel Ramalho/AGIF/COB) - Robenilson perde e Brasil começa mal dia decisivo no boxe
(Foto: Daniel Ramalho/AGIF/COB)

O dia não começou bem para o boxe brasileiro, que tem neste domingo o seu futuro no Rio-2016 colocado em jogo no pavilão 6 do Ricocentro. Depois de estrear com vitória apertada sobre um argelino, Robenilson de Jesus caiu diante do norte-americano Shakur Stevenson, em decisão unânime dos árbitros. A luta foi válida pela categoria dos pesos galo, para atletas de até 56kg.

O primeiro assalto foi bastante parelho. Os dois boxeadores pareciam alternar momentos. Um dominava o centro do ringue e arriscava uma sequência de golpes, o outro defendia. Depois, mudavam de posição. Os árbitros não concordaram com quem levou a melhor. Dois deram vitória do norte-americano, um viu o brasileiro melhor.

No segundo round, uma boa sequência de golpes de Stevenson, campeão olímpico da juventude em 2014, abriu o supercílio direito de Robenilson, que precisou ser atendido. Ainda que o norte-americano tenha tomado mais atitude, novamente um árbitro entendeu que o dono da casa venceu o assalto por 10 a 9.

A luta chegou ao round decisivo praticamente empatada. Se o round tivesse um vencedor claro, ele ganharia a luta. Os golpes certeiros de Stevenson e uma sequência de ganchos com Robenilson preso às cordas, porém, não deixaram dúvida que a luta havia sido do norte-americano.

Essa foi a terceira Olimpíada de Robenilson, de 28 anos. Representante da Bahia, ele caiu nas quartas de final em Londres e, como agora, nas oitavas de final de Pequim. Nos últimos dois Mundiais, também ficou nas oitavas.