23°
Máx
12°
Min

Rosângela Santos fica fora da final dos 100m e pensa em aposentadoria

(Foto: Rio 2016) - Rosângela Santos fica fora da final dos 100m e pensa em aposentadoria
(Foto: Rio 2016)

Depois de ficar fora da final dos 100 metros, neste sábado, no Engenhão, a velocista brasileira Rosangela Santos, uma das grandes esperanças do atletismo brasileiro nos Jogos do Rio, revelou que pensa em encerrar a carreira.

"Não sei se chegou a hora de parar. Vou repensar se chegou o momento de continuar tentando final olímpica. É muito difícil. É uma dedicação muito grande. Fui para EUA para estar nessa final e está sendo como uma faca no meu peito. Está doendo bastante", afirmou a brasileira na noite deste sábado, no Engenhão.

Com o tempo de 11s23, a atleta terminou em sexto lugar em sua bateria. Apenas se classificam as duas colocadas mais os dois melhores tempos na classificação geral. A final será realizada ainda na noite desta sábado no Engenhão. As jamaicanas Shelly-Ann Fraser-Pryce e Elaine Thompson, ambas com 10s88, foram as melhores das semifinais.

Rosangela confessa que tem dificuldade para conciliar o ritmo de treinamento com sua vida pessoal. "É uma minha vida inteira. A gente não treina só de quatro em quatro anos. A dedicação, o treinamento, as dificuldades, as dores aumentam. E a minha vida está passando. Quero ser mãe. Talvez a Olimpíada não seja para mim. Ser finalista em Pequim foi o que eu tinha que ter. Mas vou repensar. Talvez eu treine para o Mundial do ano que vem talvez não", afirmou.