23°
Máx
12°
Min

Rússia mantém hegemonia e fatura medalha de ouro nos duetos do nado sincronizado

(Foto: EBC)  - Rússia fatura medalha de ouro nos duetos do nado sincronizado
(Foto: EBC)


Já há algum tempo, o nado sincronizado é sinônimo de ouro para a Rússia na Olimpíada. E nesta terça-feira, não foi diferente na decisão dos duetos, rotina livre, dos Jogos do Rio. A dupla do país formada por Natalia Ishchenko e Svetlana Romashina repetiu o que já havia feito em Londres, há quatro anos, levou a melhor e mais uma vez subiu no lugar mais alto do pódio.

Com uma exibição quase perfeita, Ishchenko e Romashina mais uma vez não deram chances para as rivais. Se em Londres conseguiram 196.800 na final, desta vez fizeram 194.991. Foi o suficiente para deixarem para trás as chinesas Huang Xuechen e Sun Wenyan, segundas colocadas com 192.368. O bronze foi para O Japão, com Inui Yukiko e Mitsui Risako, que fizeram 188.054.

Desta forma, tanto Ishchenko quanto Romashina faturaram suas quartas medalhas de ouro. Além dos duetos em 2012 e 2016, elas também participaram das conquistas por equipes em Londres e em Pequim, em 2008. Além disso, as duas possuem simplesmente 19 medalhas de ouro em Mundiais, provando a supremacia no esporte.