22°
Máx
14°
Min

Ryan Lochte perde o quarto patrocínio após mentir sobre assalto nos Jogos do Rio

(Foto: Divulgação)  - Ryan Lochte perde o quarto patrocínio após mentir sobre assalto
(Foto: Divulgação)

O nadador norte-americano Ryan Lochte perdeu mais um patrocinador após mentir ao dizer que foi vítima de um assalto à mão armada no Rio durante os Jogos Olímpicos do Rio. Nesta segunda-feira, a empresa de colchão Airwave foi a quarta a informar publicamente que não apoiará mais o atleta.

Antes dela, a Ralph Lauren, gigante do setor de vestuário, a Syneron-Candela, empresa de cuidados com a pele, e a Speedo, de material esportivo, anunciaram o fim do acordo com o nadador norte-americano.

"Nosso acordo com Ryan Lochte era patrociná-lo durante os Jogos do Rio. Depois de uma cuidadosa avaliação, tomamos a decisão de terminar nossa parceira com Ryan Lochte. Continuamos comprometidos em apoiar a equipe dos Estados Unidos e os atletas que estão se preparando para os Jogos Paralímpicos", informou.

A Ralph Lauren mandou recado semelhante. "A Ralph Lauren continua a patrocinar orgulhosamente as equipes olímpica e paralímpica dos Estados Unidos e os valores que os seus atletas incorporam", disse a empresa responsável pelos trajes utilizados pela equipe americana na abertura e no encerramento da Olimpíada. "O acordo da Ralph Lauren com Ryan Lochte foi especificamente para os Jogos Olímpicos Rio-2016 e a empresa não vai renovar seu contrato".

A Syneron-Candela aproveitou para alfinetar o nadador. "Nós mantemos nossos funcionários sob alto padrão, e esperamos o mesmo de nossos parceiros de negócios", disse a Syneron-Candela. "Desejamos sucesso a Ryan nos seus esforços futuros e agradecemos pelo tempo que ele gastou apoiando nossa marca", acrescentou a empresa.

Lochte emitiu um breve comunicado em que comenta o fim do seu breve relacionamento com a Speedo, a primeira empresa que anunciou o término do patrocínio. "Eu respeito a decisão da Speedo e estou grato pelas oportunidades que a nossa parceria me deu ao longo dos anos. Estou orgulhoso das realizações que alcançamos juntos", ressaltou.

Lochte é um dos mais bem-sucedidos nadadores da história dos Estados Unidos, tendo conquistado 12 medalhas olímpicas. Durante o Rio-2016, ele E outros três atletas norte-americanos declararam que foram alvos de um assalto, com o uso de armas, em uma falsa blitz.

A polícia, porém, desconstruiu a versão ao descobrir que tudo não passou de uma confusão causada pelos atletas em um posto de gasolina na Barra da Tijuca. Eles teriam cometido atos de vandalismo no banheiro do posto, causando prejuízos ao dono do local.