22°
Máx
14°
Min

Scheidt abre o dia com 11º lugar e está em nono na classificação da Laser

(Foto: Brasil 2016) - Scheidt abre o dia com 11º lugar e está em nono na classificação
(Foto: Brasil 2016)

Os ventos fortes nesta quarta-feira no Rio provocaram o adiamento de algumas regatas das vela nos Jogos Olímpicos do Rio. Entre elas, a segunda prevista para o dia da classe Laser, que conta com o brasileiro Roberto Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas.

Os competidores da Laser velejam fora da Baía de Guanabara, na raia Copacabana. Robert Scheidt ficou em 11º na quinta regata, a primeira desta quarta-feira, e o holandês Rutger van Schaardenburg venceu a disputa. Já considerando um descarte, Scheidt é o nono na classificação geral, com 39 pontos perdidos. O líder é o croata Tonic Stipanovic, com 19 pontos perdidos.

Na versão feminina, a Laser Radial, o triunfo da quinta regata foi o holandês Marit Bouwmeester, enquanto Fernanda Decnop foi apenas a 28ª. A chinesa Lijia Xu ocupa a liderança da classificação geral, com a brasileira em 23º lugar.

Na primeira regata da Nacra 17, a classe mais rápida da vela, os brasileiros Samuel Albrecht e Isabel Swan ficaram em 17º lugar, vencida pelos suíços Matias Buhler e Nathalie Brugger. Ainda há duas previstas para esta quarta, mas a segunda precisou ser adiada, em função dos ventos fortes na raia Pão de Açúcar.

Na Finn, o francês Jonathan Lobert foi o vencedor, enquanto Jorge Zarif foi o 11º e ocupa a sexta posição na classificação geral, liderada pelo esloveno Vasilij Zbogar.

Também foi realizada a primeira regata da categoria 470. A dupla Henrique Haddad e Bruno Bethlem ficaram em 19º na masculina, vencida pelos croatas Sime Fantela e Igor Marenic. Ana Barbachan e Fernanda Oliveira, esperanças de medalha, terminaram em quinto, enquanto o triunfo ficou com as japonesas Ali Kondo Yoshida e Miho Yoshioka.