22°
Máx
14°
Min

Seleção brasileira arrasa Coreia do Sul no vôlei feminino

(Foto: Rio 2016) - Seleção brasileira arrasa Coreia do Sul no vôlei feminino
(Foto: Rio 2016)

Cada vez mais confiantes e soltas na quadra, as jogadoras brasileiras da seleção de vôlei atropelaram a Coreia do Sul na noite desta sexta-feira, no Maracanãzinho. Na melhor exibição da equipe na Olimpíada, as brasileiras aceleram o ritmo de jogo, reforçaram a marcação no bloqueio e soltaram o braço contra as adversárias, vencendo por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/13 e 27/25.

A seleção, que foi escalada com Sheilla, Dani Lins, Fabiana, Juciely, Fê Garay, Natália e a líbero Léia, lidera o Grupo A, com a classificação garantida às quartas de final. No domingo, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães encerra sua participação na fase de grupos diante da Rússia, a segunda colocada na chave.


As sul-coreanas esboçaram uma reação nos pontos finais do terceiro set, mas as brasileiras mantiveram serenidade para fechar a partida. Conscientes da superioridade técnica, a seleção soube explorar diferentes recursos de ataques, com agilidade e movimentação em quadra para driblar os bloqueios.


As jogadoras também demonstraram atitude e determinação, ao não deixar de disputar nenhuma bola. Natália protagonizou grandes defesas no fundo da quadra, ao mesmo tempo em que encaixou bons saques e ataques - sendo a maior pontuadora em quadra, com 12 acertos. Fabiana voltou a brilhar, com grandes cortadas e assistências.

A torcida vibrou muito com a entrada da central Thaísa nos dois sets finais da partida. Jaqueline também foi celebrada ao entrar em quadra e fazer defesas e saques decisivos nos últimos pontos da partida. Para retribuir o carinho, as jogadoras repetiram a já tradicional volta olímpica no ginásio, cumprimentando os torcedores na beira da quadra.


Invictas, a trajetória das brasileiras não encontra paralelo nesta Olimpíada. Os Estados Unidos, que lideram o grupo B, perderam quatro sets na competição. O time é também o principal oponente das brasileiras na competição, com sede de revanche após perderem a final do Grand Prix, em julho. Também devem se classificar para a próxima fase as seleções da Sérvia, Holanda e China. O sorteio para definir os confrontos da seleção na próxima fase eliminatória ocorre no domingo.