22°
Máx
16°
Min

Seleção feminina de futebol da França goleia Colômbia no Mineirão

(Foto: Divulgação)  - Seleção feminina de futebol da França goleia Colômbia no Mineirão
(Foto: Divulgação)

Em revanche de derrota sofrida na fase de grupos do Mundial Feminino, em 2015, no Canadá, a seleção francesa de futebol goleou a Colômbia por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, em partida disputada no Mineirão, em Belo Horizonte, pelo Grupo G do torneio de futebol da Olimpíada do Rio de Janeiro.

No ano passado, a Colômbia havia vencido por 2 a 0, em uma das grandes "zebras" do Mundial. Os gols da França na busca pela medalha de ouro foram marcados por Carolina Arias (contra), Eugenie Le Sommer, Camille Abily e Amel Majri. Com o resultado, a França assume a liderança do grupo, já que, na partida anterior, os Estados Unidos venceram a Nova Zelândia por diferença menor de gols, 2 a 0 - as duas seleções têm três pontos cada.

Nesta quarta, a França abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Le Sommer avançou pela direita e cruzou. A goleira colombiana Sandra Sepulveda espalmou, a bola bateu em Carolina Arias e entrou. A França quase marcou novamente aos 12 minutos. Amel Majri pedalou, passou para Le Sommer. A jogadora rolou para Cadamuro, que chutou para fora.

Destaque da França, Le Sommer marcou dois minutos depois, de peixinho, após Sepulveda sair mal do gol. A Colômbia, por pouco, não diminuiu aos 25 minutos, em chute de Salazar que raspou o travessão. Em cobrança de falta no ângulo direito, Camille Abily marcou o terceiro da França aos 42 minutos. Com 1,67 metro, a goleira colombiana chegou a tocar na bola, mas não conseguiu impedir o gol.

Com placar extremamente favorável, a França passou a tocar a bola no meio-campo esperando o tempo passar. A Colômbia, por sua vez, encontrava dificuldades para manter a posse quando tinha o domínio de bola, errando muitos passes. A França marcou o quarto, também de falta aos 36 minutos, com Amel Mairi. A bola bateu no travessão, tocou na goleira e entrou.

A partida foi marcada por manifestações da torcida contra o presidente em exercício Michel Temer. Ao longo do jogo, parte das arquibancadas gritava "Fora Temer". Outra parte vaiava.

No sábado, as quatro seleções voltam a campo. Os Estados Unidos jogam contra a França e a Colômbia enfrenta a Nova Zelândia. As duas partidas também serão realizadas no Mineirão.