27°
Máx
13°
Min

Seleção feminina de handebol domina Romênia e vence mais uma no Rio

(Foto: Divulgação/COB) - Seleção feminina de handebol domina Romênia e vence mais uma no Rio
(Foto: Divulgação/COB)

Em mais uma atuação segura, algumas vezes empolgante, a seleção brasileira feminina de handebol ganhou a segunda partida consecutiva nesta Olimpíada. Venceu a Romênia nesta segunda-feira na Arena do Futuro, no Parque Olímpico da Barra. O placar não deixou dúvidas de quem mandou na partida desde o inicio: 26 a 13.

A vitória incontestável - o Brasil marcou o dobro de gols da adversária - veio mesmo com a expulsão do destaque do time, a armadora Duda Amorim, de 29 anos. A arbitragem considerou que ela agiu de maneira violenta ao agarrar o braço de uma adversária.

Ao vencer a seleção romena, que a eliminou no Mundial de 2015, a seleção brasileira atingiu os quatro pontos ganhos e consolidou sua trajetória rumo às quartas de final. Ela enfrenta na quarta-feira a Espanha, às 16h40, na Arena do Futuro. Na sexta-feira, Angola. No domingo, o adversário será Montenegro.

O Brasil começou a partida no ataque, pressionando a Romênia. Com sete minutos, já tinha três gols de vantagem. Como na primeira partida (vitória de 31 a 28 contra a Noruega, campeã mundial e olímpica), a seleção teve como destaque a jogadora Ana Paula Rodrigues.

No primeiro tempo, o Brasil venceu por 14 a 9. Mesmo sem Duda Amorim, a diferença aumentou no segundo tempo. Até a goleira Babi conseguiu marcar um gol, para a vibração da torcida que encheu a arena, já batizada de "caldeirão do futuro".