21°
Máx
17°
Min

Seleção masculina de hóquei da Argentina surpreende e fatura o ouro

(Foto: Divulgação/Rio2016) - Seleção masculina de hóquei da Argentina surpreende e fatura o ouro
(Foto: Divulgação/Rio2016)

Se a seleção feminina da Argentina decepcionou no Rio-2016, a masculina brilhou no hóquei sobre a grama nesta quinta-feira. Enquanto as famosas "leonas" caíram nas quartas de final, o time masculino fez bonito no Centro Olímpico de Hóquei, em Deodoro, e faturou uma inédita medalha de ouro.

Contando com amplo apoio da torcida argentina, que lotou a arquibancada, o time de hóquei argentino derrotou a Bélgica por 4 a 2, na final olímpica. Pedro Ibarra, Ignacio Ortiz, Gonzalo Peillat e Agustin Mazzilli marcaram os gols da Argentina. E a Bélgica contou com os gols de Tanguy Cosyns e Gauthier Boccard.

O pódio masculino contrasta com a queda precoce da equipe feminina, mais acostumada a brilhar em Olimpíadas. Com títulos mundiais e pan-americanos no currículo, a seleção feminina tem quatro medalhas olímpicas em seu histórico. Elas foram prata em Sydney-2000 e Londres-2012 e bronze em Atenas-2004 e Pequim-2008.

Com a medalha de prata, a Bélgica também surpreendeu ao alcançar a final olímpica pela primeira vez na modalidade. Antes, o time belga masculino tinha apenas um bronze, obtido no longínquo ano de 1920, nos Jogos de Antuérpia, quando competiu em casa.

O triunfo desta quinta marcou o terceiro ouro da Argentina nestes Jogos do Rio-2016. Antes, os vizinhos sul-americanos subiram ao lugar mais alto do pódio com a judoca Paula Pareto e com a equipe mista na classe Nacra 17 da vela.