22°
Máx
17°
Min

Sem Brasil, final de futebol feminino tem mercado paralelo de venda de ingressos

(Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil) - Final de futebol feminino tem mercado paralelo de venda de ingressos
(Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil)


Com a desclassificação da seleção de Marta e Formiga nas semifinais, muitos torcedores brasileiros vieram ao Maracanã nesta sexta para vender os ingressos da final do torneio feminino de futebol da Olimpíada, entre Suécia e Alemanha. Na bilheteria, os ingressos custam entre R$ 210 e R$ 580, mas com pechincha, é possível achar bilhetes por até R$ 50.

A grande desistência formou um mercado paralelo de venda de ingressos já na saída da estação o metrô que dá acesso ao estádio e também ao lado da bilheteria oficial. Os torcedores anunciam os ingressos em cartazes improvisados, tentando atrair torcedores estrangeiros.

"Queria torcer pela Marta, pela seleção feminina. Como elas não conseguiram, prefiro tentar recuperar o valor do ingresso", disse Mariana Cruz, de 26 anos. O preço inicial do bilhete era negociado por R$ 100, mas ela admitiu reduzir o valor a metade diante da grande concorrência. "Quero vender pra quem vai entrar, não para cambista", acrescentou.

Entre os torcedores arrependidos que tentavam se desfazer dos bilhetes, havia também muitos cambistas. Apesar da movimentação e negociação aberta dos vendedores, ninguém foi abordado pelos seguranças, policiais ou voluntário.