22°
Máx
14°
Min

Sem condições físicas, Pelé fica fora da abertura e não acenderá a pira olímpica

Pelé alegou não estar em boas condições físicas (Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil) - Sem condições físicas, Pelé fica fora da abertura
Pelé alegou não estar em boas condições físicas (Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)

Menos de 12 horas antes do início da festa de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio, Pelé revelou, no início da tarda desta sexta-feira, que não poderá comparecer ao grande evento marcado para começar às 20 horas, no Maracanã.

Por meio de nota divulgada por sua assessoria, o Rei do Futebol, de 75 anos de idade, alegou não estar em condições físicas para participar da cerimônia na qual era tido como o favorito para acender a pira olímpica do Rio-2016.

Eleito o Atleta do Século e considerado o maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé enumerou os problemas de saúde que sofreu nos últimos anos na nota na qual justificou a sua ausência da grande cerimônia desta sexta.

"Queridos amigos, Só Deus é mais importante do que minha saúde! Em minha vida tive fraturas, cirurgias, dores, internações em hospitais, vitórias e derrotas, e sempre respeitando aqueles que me admiram. A responsabilidade das decisões é minha onde sempre procurei não decepcionar a minha família e o povo brasileiro. Neste momento, eu não estou em condições físicas de participar da abertura da Olimpíada", avisou Pelé, por meio de nota da sua assessoria, na qual em seguida finalizou: "E como brasileiro, peço a Deus que abençoe a todos".

Nesta semana, o ex-jogador havia confirmado que recebeu um convite para a cerimônia de abertura, mas não revelou se seria o responsável pela cena mais emblemática da festa desta sexta-feira no Maracanã. Ele então havia alegado que possuía “compromissos profissionais” e dependeria da negociação da agenda de um deles para estar no estádio, palco da festa que será vista ao vivo por pelo menos três bilhões de pessoas do mundo todo.