26°
Máx
19°
Min

Sul-coreana assume a liderança no 2º dia do golfe no Rio; brasileiras seguem mal

(Foto: Divulgação/IGF) - Sul-coreana assume a liderança no 2º dia do golfe no Rio
(Foto: Divulgação/IGF)

O segundo dia do golfe feminino na Olimpíada do Rio premiou a regularidade de Inbee Park. A sul-coreana repetiu o mesmo desempenho da estreia e assumiu a liderança geral da competição. Assim como na última quarta, nesta quinta-feira ela completou os 18 buracos com 66 tacadas, cinco abaixo do par.

No campo desenvolvido para os Jogos do Rio, ficou estabelecido que o par seria de 71 tacadas. Mas Park conseguiu completar o percurso em 66 nos dois dias. Foi segunda colocada na quarta e quinta nesta quinta-feira, totalizando 132 e ficando dez tacadas abaixo do par no geral.

O bom desempenho deixou Park um pouco à frente de Stacy Lewis. A norte-americana foi a melhor deste segundo dia de disputas ao ficar oito tacadas abaixo do par, mas havia sido somente a 19.ª na quarta, com apenas uma. Assim, soma 133 tacadas até o momento e é a segunda colocada da competição.

Já a tailandesa Ariya Jutanugarn não sustentou a liderança obtida na quarta-feira. Se no primeiro dia ficou seis tacadas abaixo do par, nesta quinta completou o percurso justamente no par, com 71 tacadas. Assim, caiu da primeira para a oitava colocação no geral.

A disputa pelas primeiras medalhas distribuídas pelo golfe feminino desde Paris-1900, na única vez que a modalidade participou dos Jogos, continua intensa. A britânica Charley Hull e a canadense Brooke Henderson estão somente duas tacadas acima de Park, dividem a terceira colocação e também prometem brigar pelo ouro.

Por outro lado, as brasileiras seguem longe das primeiras posições, depois de terem terminado empatadas na 56.ª colocação na quarta. Nesta quinta, Miriam Nagl precisou de 77 tacadas para completar os 18 buracos e foi a 57.ª, posição que ocupa também no geral. Já Victoria Lovelady está uma colocação acima, depois de ser a 53.ª do dia, com quatro tacadas acima do par.