22°
Máx
14°
Min

Sul-coreana Park mantém ponta e é primeira campeã olímpica do golfe em 116 anos

(Foto: Rio 2016) - Sul-coreana Park é primeira campeã olímpica do golfe em 116 anos
(Foto: Rio 2016)

A sul-coreana Inbee Park conquistou a medalha de ouro no golfe neste sábado, após terminar o quarto e último dia de disputas no Rio na primeira colocação. Com isso, se tornou a primeira campeã olímpica da modalidade em 116, uma vez que a única outra vez que o golfe feminino foi disputado nos Jogos foi em 1900, em Paris.

Park fez por merecer o ouro e liderou quase toda a disputa ao longo dos quatro dias. Assumiu a primeira colocação no segundo, após a tailandesa Ariya Jutanugarn ser a melhor no dia de estreia, e não a deixou mais até o fim do torneio.

A regularidade de Park foi recompensada. Ela não foi a melhor em nenhum dos quatro dias, mas em três deles, incluindo este sábado, completou o percurso de 18 buracos com 66 tacadas, cinco abaixo do par de 71 determinado pela organização da modalidade. No outro, precisou de 70 tacadas, mas foi o suficiente para ficar com o título.

Quinta colocada no ranking mundial, Park garantiu a nona medalha de ouro da Coreia do Sul no Rio, sendo a 20.ª no total. Neste sábado, ela terminou na terceira colocação do dia, empatada com outras três golfistas. No total, ficou 16 tacadas abaixou do par.

Se o ouro foi para a Coreia do Sul, a prata ficou com a neozelandesa Lydia Ko, líder do ranking mundial. O bronze foi da chinesa Shanshan Feng. A russa Maria Verchenova, com nove tacadas abaixo do par, foi a líder deste sábado, mas terminou somente na 16.ª colocação no geral.

Duas brasileiras representaram o País na modalidade, mas ficaram longe de brigar pelos primeiros lugares. Tanto Miriam Nagl quanto Victoria Lovelady tiveram seus melhores dias neste sábado, quando completaram os 18 buracos com uma tacada abaixo do par. No entanto, Miriam foi somente a 52.ª no geral, enquanto Victoria terminou em 53.º.