21°
Máx
17°
Min

Tiro com arco muda formato da disputa por equipes para a Olimpíada

A decisão provocou críticas (Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB) - Tiro com arco muda formato da disputa por equipes para a Olimpíada
A decisão provocou críticas (Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB)

A competição do tiro com arco nos Jogos Olímpicos do Rio sofreu uma alteração no formato de disputa do evento por equipes. A Federação Internacional de Tiro com Arco definiu que os confrontos entre as equipes passará a ser definido do mesmo modo que os eventos individuais, em sistema de sets, ao invés de ocorrer pelo acúmulo de pontos, como tradicionalmente ocorria.

Essa mudança torna os confrontos mais imprevisíveis e, supostamente, emocionantes. A própria federação reconheceu que a mudança tem o intuito de tornar a disputa mais acessível de ser acompanhada pelo público e transmitida pela TV. Mas a decisão também provocou críticas.

O norte-americano Brady Ellison, que foi medalhista em Londres-2012, na competição por equipes, classificou a mudança como "uma piada". "Eu não conheço qualquer outro esporte onde você pode cometer um grande erro que o prejudique e ainda ganhar", afirmou.

A disputa de equipes masculina é uma esperança de medalha para o Brasil no próximo sábado, um dia após a cerimônia de abertura da Olimpíada. O País será representado por Marcus Vinicius D’Almeida, Bernardo Oliveira e Daniel Xavier no Sambódromo. A expectativa aumentou recentemente, principalmente depois que o Brasil ficou em quarto lugar na última etapa de Copa do Mundo antes dos Jogos do Rio.