21°
Máx
17°
Min

Último dia do percurso da Tocha Olímpica pelo Brasil

Último dia do percurso  da Tocha Olímpica pelo Brasil

No último dia de seu percurso pelo Brasil, a tocha olímpica passou, há pouco, das mãos do presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, para as mãos do secretário-geral das Nações Unidas (ONU) Ban Ki-moon.

Ao final do dia, a tocha vai ascender a pira olímpica no Estádio do Maracanã, em uma cerimônia que terá apresentação de artistas como Gilberto Gil,  Caetano Veloso e Luiz Melodia, além do desfile de atletas das delegações, marcando o início oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Nesta sexta-feira, o trajeto da tocha começou no mais tradicional símbolo da cidade maravilhosa, o Cristo Redentor e neste momento segue pela orla da zona sul em direção a outro grande ícone da cidade: o Pão de Açúcar, na Urca.

O secretário-geral da ONU ascendeu a tocha da jovem jogadora de handeball, Thaysa Vitoria da Silva, de 15 anos, participante do projeto Uma Vitória Leva à Outra da ONU Mulheres, que procura dar melhores condições a meninas de áreas pobres por meio do esporte. Mais cedo, a diretora executiva da entidade, Phumzile Mlambo-Ngcuka também participou do revezamento.

Na altura da Rua Vinícius de Moraes, a jovem Thaysa passou a chama para a Garota de Ipanema, Helô Pinheiro, rodeada de amigas que cantarolavam a canção de Vinícius de Morais e Tom Jobim, que a imortalizou.

De Ipanema, a tocha segue para Copacabana, onde ocorre um protesto, com centenas de pessoas, contra o governo do presidente interino Michel Temer, na altura do Hotel Copacabana Palace, outro marco da cidade.

O revezamento da chama olímpica pela cidade termina por volta das 13h, no Aterro do Flamengo e o último condutor será o cavaleiro olímpico Rodrigo Pessoa, mas que não compete este ano.