24°
Máx
17°
Min

Venus decepciona e leva virada na estreia nos Jogos Olímpicos do Rio

(Foto: Reprodução Facebook) - Venus decepciona e leva virada na estreia nos Jogos Olímpicos do Rio
(Foto: Reprodução Facebook)

Em sua quinta Olimpíada da carreira, a norte-americana Venus Williams decepcionou a torcida, que tinha até o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, nas arquibancadas, na noite deste sábado. Favorita, a número seis do mundo sofreu uma dolorosa virada da belga Kirsten Flipkens e foi eliminada na chave de simples do Rio-2016.

Flipkens, atual 62ª do ranking, iniciou forte reação no segundo set e buscou uma improvável virada numa partida que parecia estar nas mãos da norte-americana. A belga fechou o jogo pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/6 (7/5). A partida ficou marcada pelas seguidas falhas das duas tenistas, que cometeram cada 53 erros não forçados.

Aos 36 anos, Venus tem quatro medalhas de ouro em Olimpíadas. Em simples, venceu apenas em Sydney-2000. Mas, nas duplas, conquistou três títulos olímpicos, ao lado da irmã Serena Williams. Elas são tricampeãs olímpicas nas duplas femininas, após vencerem em Sydney-2000, Pequim-2008 e Londres-2012. No Rio, tentam o tetra.

Venus não foi a única a decepcionar neste primeiro dia de tênis na Olimpíada. Mais cedo, a sérvia Ana Ivanovic e a polonesa Agnieszka Radwanska se despediram da chave de simples. A ex-número 1 do mundo caiu diante da espanhola Carla Suárez Navarro por 2/6, 6/1 e 6/2.

Já Radwanska, atual número cinco do mundo, protagonizou a maior "zebra" do dia ao perder da chinesa Zheng Saisai, 64ª do ranking, por 6/4 e 7/5. A italiana Roberta Vinci, sexta cabeça de chave, foi batida pela eslovaca Anna Karolina Schmiedlova por 7/5 e 6/4.

Em outros resultados do dia, as cabeças de chave Madison Keys (EUA), Anastasia Pavlyuchenkova (Rússia), Elina Svitolina (Ucrânia) e Barbora Strycova (República Checa) venceram seus jogos na rodada de abertura. O mesmo fez a canadense Eugenie Bouchard, a checa Lucie Safarova, a italiana Sara Errani e a chinesa Shuai Zhang, superando a suíça Timea Bacsinszky, 12ª cabeça de chave.