27°
Máx
13°
Min

Veterano, Prass diz se sentir 'um menino' ao ser convocado para Olimpíada

(Foto: DIvulgação/Palmeiras) - Veterano, Prass diz se sentir 'um menino' ao ser convocado
(Foto: DIvulgação/Palmeiras)

Dos 18 nomes da seleção olímpica convocados nesta quarta-feira pelo técnico Rogério Micale, o primeiro anúncio da lista foi o mais surpreendente. O goleiro Fernando Prass, do Palmeiras, ganhou chance de disputar os Jogos do Rio às vésperas de completar 38 anos. O jogador nunca havia sido chamado para a seleção brasileira e afirmou que a oportunidade, mesmo que tardia, serve para rejuvenescer.

"Eu me sinto muito bem com relação à motivação. Se for levar em conta isso, me sinto tão menino como o Gabriel Jesus", disse o goleiro ao citar o atacante de 19 anos, colega de Palmeiras, também convocado para os Jogos do Rio. Prass entrou junto com os atacantes Neymar e Douglas Costa na vaga dos três jogadores acima dos 23 anos que podem compor a lista para a disputa da competição.

Prass contou que embora soubesse da possibilidade de ser chamado, preferiu não criar expectativas. O goleiro acompanhou o anúncio junto da família e vibrou com a oportunidade. "Não posso dizer que estou no meu auge. Um jogador nunca pode se dar por satisfeito. Mesmo que a seleção possa ser o ápice, ainda tem conquistas pela frente. Estou crescendo na carreira mesmo perto dos 38 anos", afirmou.

O goleiro faz aniversário no próximo dia 8 de julho. Campeão da Série B e da Copa do Brasil pelo Palmeiras, time que defende desde 2013, Prass disse que a Olimpíada coroa feitos surpreendentes alcançados nas últimas temporadas. "Antes eu descartava a seleção olímpica por causa da idade. Mas também nunca tinha pensado em bater pênalti em final. Vou seguir o meu trabalho e sonhar até o último dia da carreira", disse.

O mais experiente da lista olímpica se disse pronto para assumir um possível papel de líder. "Lógico que se espera de um jogador mais velho e experiente uma postura diferente. A liderança vem ao natural. Um grupo é feito de trocas e também vou aprender com eles", afirmou o goleiro, que preferiu não apontar no elenco do Palmeiras um possível substituto para o período em que estiver nos Jogos. Vágner, Jaílson e Vinícius disputam a vaga.