22°
Máx
17°
Min

Com nota 10, Filipe Toledo vai às quartas em Gold Coast; Medina cai

O brasileiro Filipe Toledo deu um show nas ondas de Snapper Rocks e garantiu seu lugar nas quartas de final da etapa de Gold Coast do Circuito Mundial de Surfe. Nas águas australianas, ele chegou a tirar uma nota 10 perfeita (unanimidade entre todos os juízes), superando o local Joel Parkinson e o norte-americano Conner Coffin.

Filipinho, como é conhecido, totalizou 19,20 pontos, levando ainda uma nota 9,20 após o 10. Parkinson marcou 15,43 e Coffin, 11,53. Antes disso, na terceira rodada, o brasileiro já havia batido o local Ryan Callinan por 16,60 a 5,00. Agora Filipinho aguarda os demais resultados para conhecer seu adversário nas quartas de final.

Ainda pela terceira rodada, os brasileiros não tiveram bons resultados. Jadson André foi eliminado pelo local Parkinson, que viria a enfrentar Filipinho na sequência, por 14,83 a 13,66. Italo Ferreira foi batido por Coffin, também rival de Toledo, por 14,04 a 13,83.

Wiggolly Dantas foi derrotado por Adrian Buchan por 15,43 a 13,70 e Gabriel Medina, campeão mundial em 2014, se despediu da etapa ao ser superado pelo local Stuart Kennedy por 16,80 a 16,53. Outra queda inesperada foi a do local Mick Fanning. Um dos finalistas do ano passado, o australiano não resistiu ao havaiano Sebastian Zietz, por 14,50 a 12,50.

Já o atual campeão Adriano de Souza, o Mineirinho, e Caio Ibelli, avançaram à quarta rodada com triunfos sobre surfistas da casa. Mineirinho derrotou Mikey Wright por 16,17 a 14,04, enquanto Ibelli bateu Josh Kerr por 11,83 a 7,60.

Na sequência, porém, Mineirinho e Ibelli não foram tão bem. Enquanto Filipe Toledo arrasava em suas ondas, a dupla era superada pelo local Matt Wilkinson, com 14,10. Mineirinho anotou 11,80 e Ibelli, 10,50. Assim, terão que disputar a repescagem para tentar vaga nas quartas de final.