24°
Máx
17°
Min

Mineirinho perde na estreia, mas Medina e Filipe Toledo avançam na Gold Coast

(Foto: Divulgação)  - Mineirinho perde na estreia, mas Medina e Filipe Toledo avançam na Gold Coast
(Foto: Divulgação)

O campeão Adriano de Souza, o Mineirinho, começou com derrota a defesa do seu título do Circuito Mundial de Surfe ao perder a sua primeira bateria na etapa da Gold Coast, na Austrália. Já Gabriel Medina, Filipe Toledo, Wiggolly Dantas e Italo Ferreira avançaram direto para a terceira fase. Derrotados, Mineirinho e mais quatro brasileiro terão uma segunda chance de continuarem vivos, na repescagem.

Gabriel Medina, campeão na Gold Coast em 2014, garantiu a sua vitória apenas no último minuto da bateria, quando recebeu nota 8,50 para totalizar 16,17 pontos contra 14,80 do havaiano Sebastian Zietz. O também brasileiro Caio Ibelli foi coadjuvante, com apenas 8,10 pontos.

"Foi uma bateria complicada pra mim. Eu não sabia onde me posicionar direito, fiquei meio perdido e estou feliz por ter vencido", disse Medina. "Eu só fiquei esperando que viesse uma onda boa para mim e felizmente ela veio no final para eu poder fazer as manobras e conseguir os pontos que eu precisava pra vencer".

Campeão da etapa da Gold Coast no ano passado, Filipe Toledo somou as notas 6,53 e 7,83 e venceu a sua bateria com 14,36 pontos. Ele superou o também brasileiro Jadson André, com 13,30, e o australiano Stu Kennedy, com 10,67.

"Estar aqui defendendo meu título de campeão deste evento com pranchas muito boas e o vento ajudando pros aéreos logo na primeira bateria, me faz ficar mais confiante para a próxima fase", disse Filipinho, único surfista a vencer três etapas na última temporada.

Na bateria mais equilibrada da primeira fase, com uma diferença de apenas 0,04 pontos, Mineirinho acabou sendo batido pelo australiano Mikey Wright, com 13,74, contra 13,70 do brasileiro. O norte-americano Kolohe Andino conseguiu somente 9,10.

Com notas 8,83 e 8,33, Wiggoly Dantas teve a melhor apresentação da primeira fase, com 17,26 pontos. Ele superou o compatriota Miguel Pupo, com 12,47, e o sul-africano Jordy Smith, com 13,43.

"Eu já estou aqui na Gold Coast há dez dias treinando para o campeonato e testando várias pranchas para achar a prancha mágica. Estou feliz por ter conseguido pegar boas ondas para vencer essa minha primeira bateria do ano e é sempre bom você começar bem, passando direto para a terceira fase", disse Wiggoly.

Melhor estreante da última temporada, Italo Ferreira começou bem 2016 ao liderar desde o início a sua bateria, conseguindo 12,00 pontos, e superando o havaiano Keanu Asing, com 8,80, e o australiano Ryan Callinan, com 11,10. Alex Ribeiro, também perdeu para o norte-americano Nat Young por 12,87 a 12,14 pontos - o australiano Kai Otton ficou com 11,50.

Na repescagem da etapa da Gold Coast, Mineirinho vai duelar com o australiano Wade Carmichael. Adrian Buchan, também da Austrália, será o rival de Alex Ribeiro. Jadson André e Miguel Pupo farão uma bateria brasileira, enquanto Caio Ibelli terá pela frente o australiano Jack Freestone.