21°
Máx
17°
Min

Wilkinson arrasa brasileiro na semi, brilha na final e leva título em Bells Beach

O Matt Wilkinson voltou a brilhar diante da sua torcida neste domingo, na Austrália. Após faturar o título da etapa de Gold Coast, o surfista da casa levou também a etapa de Bells Beach do Circuito Mundial de Surfe. E com sobras. Wilkinson arrasou o brasileiro Italo Ferreira na semifinal e, depois, bateu com folga o sul-africano Jordy Smith na decisão.

Matt Wilkinson iniciou sua grande reação na etapa na repescagem, que precisou disputar após ser batido pelo brasileiro Wiggolly Dantas na quarta fase. Na repescagem, fez duelo equilibrado com o também australiano Julian Wilson. Ambos terminaram com a mesma nota, 16,57. Mas Wilkinson avançou porque tirou a maior nota numa onda individual (9,57, contra 8,9).

Na repescagem, o brasileiro Caio Ibelli foi eliminado pelo por Jordy Smith, por 16,80 a 16,33. Uma das estrelas do circuito, o local Mick Fanning também avançou, ao bater o compatriota Davey Cathels por 14,50 a 6,33.

Nas quartas de final, Wilkinson obteve a revanche contra Wiggolly Dantas. Derrotou o brasileiro por 13,26 a 12,00. Em outro confronto, Italo Ferreira despachou o norte-americano Nat Young por 15,30 a 12,33. Fanning superou outro americano, Conner Coffin, por 16,90 a 16,17. Jordy Smith avançou ao bater o polinésio Michel Bourez por 17,77 a 17,26.

Cada vez mais embalado na disputa, Wilkinson deu poucas chances a Italo Ferreira na semifinal. Venceu por 17,27 a 12,40. Fanning, por sua vez, foi eliminado por Smith, por 17,17 a 13,90.

E, na grande decisão do título da etapa, o surfista local iniciou a disputa com um 9,20. Depois anotou 8,17 e praticamente acabou com as chances do rival, que teve 7,33 e 6,83. No saldo final, Wilkinson teve 17,37, contra 14,16 do sul-africano.

O novo triunfo fez o australiano disparar na liderança do Circuito Mundial. Com duas vitórias em duas etapas, Wilkinson ostenta 20 mil pontos, contra 9.200 do norte-americano Conner Coffin. O melhor brasileiro no ranking é Italo Ferreira, que divide a quinta colocação com os australianos Mick Fanning e Stuart Kennedy, todos com 8.250 pontos.