22°
Máx
14°
Min

Alemão Marcel Kittel vence a quarta etapa da Volta da França

O ciclista alemão Marcel Kittel venceu nesta terça-feira a quarta e mais longa etapa da Volta da França após um sprint na parte final do percurso de 237,5 quilômetros entre Saumur e Limoges, concluído em 5h28min30 por um pelotão de 106 ciclistas.

O francês Bryan Coquard parecia próximo de garantir sua primeira vitória em uma etapa da maior prova de ciclismo do mundo, mas Kittel resistiu ao ataque do rival e triunfou por um triz. Assim, assegurou a sua nona vitória na história da Volta da França. À espera do resultado oficial, o alemão sentou-se na estrada e em seguida explodiu em alegria quando lhe foi dito que havia vencido.

"Eu estou muito emocionado agora, parece como a minha primeira vitória novamente", disse. "Estou mega, mega feliz. Estou muito orgulhoso, porque a equipe realmente lutou por esta vitória. As coisas deram errado nos últimos dias, e assim estou feliz por estar de volta ao Tour (como é conhecida a Volta da França) e por ganhar um estágio como este".

O campeão do mundo Peter Sagan terminou em terceiro lugar e manteve a camiseta amarela. Além disso, ele ampliou sua vantagem sobre o francês Julian Alaphilippe, o vice-líder da classificação geral, para 12 segundos. O espanhol Alejandro Valverde está em terceiro, 14 segundos atrás.

A etapa desta terça-feira levou os ciclistas da cidade medieval de Saumur para Limoges, no centro da França. Depois de um primeiro ataque fracassado logo após o início, um grupo de quatro ciclistas escapou do bloco e construiu uma vantagem de cinco minutos sobre o pelotão.

Oliver Naesen e Alexis Gougeard, ambos estreantes na Volta da França, além de Markel Irizar e Andreas Schillinger, fizeram a ação perto da marca de 30km e rapidamente aumentaram a vantagem.

Determinada a defender a camisa amarela com Sagan, seus companheiros da equipe Tinkoff, aceleraram o ritmo e lideraram a perseguição com os times Lotto-Soudal e Etixx-Quick Step, e a diferença era de menos de quatro minutos, com cem quilômetros restantes.

No entanto, o pelotão não tinha pressa para conter os pilotos que empreenderam a fuga. Gougeard deixou grupo líder, com 35 quilômetros restantes, momentos antes da perseguição realmente começar no final montanhoso de Limoges. O trio remanescente foi engolido em uma pequena subida a sete quilômetros do fim.

Entre os favoritos, o britânico Chris Froome foi o 37º colocado, seis posição à frente do espanhol Alberto e sete à frente do colombiano Nairo Quintana, todos eles com o mesmo tempo do vencedor. Na classificação geral, Froome é o quinto e Quintana está em sétimo lugar, a 18 segundos de Sagan. Já Contador, com uma desvantagem de 1min06, ocupa a 54ª posição.

Nesta quarta-feira, será realizado a quinta etapa da Volta da França, em um trecho de média montanha entre Limoges e Le Lioran, com 216 quilômetros.