24°
Máx
17°
Min

Após 3 anos, Schiavone volta a uma final de WTA e encara norte-americana no Rio

(Foto: Divulgação)  - Após 3 anos, Schiavone volta a uma final de WTA e encara norte-americana no Rio
(Foto: Divulgação)

A decisão da chave feminina do Rio Open, no Jockey Club Brasileiro, terá uma disputa entre a experiência e a juventude. Neste sábado, pelas semifinais, a italiana Francesca Schiavone, de 35 anos, e a norte-americana Shelby Rogers, de 23, ganharam com facilidade os seus jogos e se enfrentam neste domingo.

Após quase 3 anos sem chegar a uma final de WTA, Schiavone acabou com esse jejum ao bater a croata Petra Martic por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/3, em 1 hora e 10 minutos. Na sequência, Rogers aplicou um duplo 6/4 na romena Sorana Cirstea.

Ex-número 4 do mundo, Schiavone não ia tão longe em um torneio da WTA desde 2013, quando faturou o título em Marrakesh, no Marrocos. Ela já tem seis títulos na carreira, sendo que o mais importante é Roland Garros em 2010.

DUPLAS - A chave feminina de duplas foi decidida neste sábado. A argentina María Irigoyen e a paraguaia Verónica Cepede foram as campeãs ao baterem a parceria formada pela britânica Tara Moore e pela suíça Conny Perrin por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/6 (7/5).