20°
Máx
14°
Min

Após abandonar Roland Garros, Nadal desiste de Wimbledon

(Foto: Deco Pires/ Fotojump/ Rio Open 2016) - Após abandonar Roland Garros, Nadal desiste de Wimbledon
(Foto: Deco Pires/ Fotojump/ Rio Open 2016)

Após abandonar Roland Garros por lesão, o espanhol Rafael Nadal anunciou nesta quinta-feira que não competirá em Wimbledon, no fim do mês. O atual número quatro do mundo ficará de fora do Grand Slam britânico por causa do problema físico, no punho esquerdo, que o tirou do saibro de Paris.

"Estou triste em anunciar que, depois de conversar com meus médicos e receber os resultados dos meus últimos exames, não estarei em condições de jogar em Wimbledon neste ano", lamentou o espanhol, dono de dois títulos na grama inglesa. "Como é de se imaginar, foi uma decisão difícil, mas a lesão que sofri em Roland Garros exige tempo para ser curada."

Nadal desistiu em Roland Garros quando estava ainda na terceira rodada. Ele nem chegou a entrar em quadra para enfrentar o compatriota Marcel Granollers. Com dores, alegou que não poderia seguir na competição na qual já faturou nada menos que nove troféus de simples. Ele já havia desistido de disputar o Torneio de Queen's, que é preparatório para o Grand Slam londrino.

Com esta desistência, Nadal mantém uma sequência de pouco brilho recente em Wimbledon, que terá início no dia 27. Desde a final de 2011, na qual foi batido pelo sérvio Novak Djokovic, ele só vem acumulando decepções na grama inglesa.

Em 2012, caiu logo na segunda rodada, diante do azarão Lukas Rosol. No ano seguinte, foi ainda pior, ao ser derrotado pelo belga Steve Darcis logo na estreia. Em 2014, teve desempenho mais consistente, avançando até as oitavas de final. Mas novamente sucumbiu diante de uma "zebra", Nick Kyrgios - na época o australiano era apenas o 144º do mundo.

No ano passado, caiu de novo na segunda rodada. E, como se tornou recorrente, contra um azarão, o alemão Dustin Brown, então 102º do ranking.