24°
Máx
17°
Min

Após longa paralisação, Kohlschreiber bate Del Potro e vai à final em Stuttgart

Quem esperava um confronto entre Roger Federer e Juan Martin Del Potro na final do Torneio de Stuttgart, na Alemanha, vai ter que se conformar em ver um repetido duelo entre o austríaco Dominic Thiem e o alemão Philipp Kohlschreiber. O tenista da casa avançou à decisão no jogo que fechou o dia, paralisado pelas chuvas, vencendo Del Potro por 2 sets a 0 (6/3 e 6/4).

Del Potro, que chegou a ser quarto do mundo, não disputa uma final desde 2014. O argentino passou os últimos dois anos tratando lesões no punho e só conseguiu voltar a jogar em fevereiro passado.

Em Stuttgart, tinha a esperança de enfim volta a fazer uma final, para disparar no ranking mundial, onde ocupa a 223.ª colocação. Derrotado na semifinal, vai ao menos voltar ao Top 200, apesar de só ter disputado nove torneios no ano.

Curiosamente, Kohlschreiber só disputou uma outra final este ano, exatamente na Alemanha, em Munique, e também foi contra Thiem. Na ocasião, em abril, no saibro, a vitória foi o austríaco, que agora é o sétimo do mundo e busca seu quarto título no ano, agora na grama.

O alemão, sétimo cabeça de chave, costuma ir bem em casa. Dos sete títulos que tem no currículo, sempre um por ano, quatro foram na Alemanha. Das últimas sete finais, foram seis em torneios alemães.

NA HOLANDA - Em S-Hertogenbosch, na Holanda, também na grama, a final será entre Gilles Müller e Nicolas Mahut. Neste sábado, Müller, de Luxemburgo, 44.º do ranking mundial, fez 2 sets a 0 no croata Ivo Karlovic (28.º), com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (7/4).

Já o francês Mahut, o 49.º do mundo, precisou de três sets para eliminar o norte-americano Sam Querrey, com parciais de 6/7 (5/7), 6/4 e 6/4, de virada. Mahut vai em busca do terceiro título no torneio, onde ganhou em 2015 e 2013. Müller, de 33 anos, nunca foi campeão. Disputou três finais na carreira (em 2004, 2005 e 2012, todas nos EUA), e perdeu todas.