22°
Máx
17°
Min

Atual campeã, Teliana perde na estreia em Bogotá para 274.ª do mundo

Foto: Rio Open/ Fotojump - Atual campeã, Teliana perde na estreia em Bogotá para 274.ª do mundo
Foto: Rio Open/ Fotojump

Nem mesmo os ares de Bogotá, de tão boas lembranças, foram suficientes para tirar a brasileiro Teliana Pereira da péssima fase que atravessa em 2016. No local onde faturou seu primeiro título da WTA na carreira no ano passado, ela caiu nesta terça-feira na estreia da atual edição diante da desconhecida argentina Catalina Pella, apenas a 274.ª do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7/3).

Teliana chegou à Colômbia como segunda favorita da chave, atrás somente da ucraniana Elina Svitolina, mas deixa o país com mais uma decepção. Desta vez, a derrota logo na primeira rodada deverá resultar em uma queda significativa no ranking para a 55.ª colocada, que defendia os pontos do título do ano passado. Já Pella veio do qualifying, passou à segunda rodada e deve melhor sua colocação.

O resultado também confirma a péssima fase que vive Teliana na atual temporada. Em dez partidas de simples no circuito, a brasileira conseguiu somente uma vitória, no mês passado, diante da compatriota Bia Haddad em Miami.

Nesta terça, parecia que a brasileira confirmaria o favoritismo e espantaria os fantasmas dos últimos resultados. Ela conseguiu conduzir o primeiro set com relativa tranquilidade, aproveitou dois break points e ainda cedeu uma quebra, mas fechou e largou em vantagem.

A partir daí, no entanto, Pella assumiu o controle da partida. Embalada com as vitórias no qualifying, devolveu o mesmo placar de 6 a 3 e igualou a partida. Logo no início da parcial de desempate, a argentina largou com uma quebra de vantagem, mas a chuva paralisou o confronto e beneficiou Teliana, que voltou melhor e deixou tudo igual. O jogo seguiu assim até o tie-break, quando a brasileira sentiu a pressão e acabou derrotada.

Com a derrota de Teliana, o Brasil está representado em Bogotá somente por Paula Gonçalves, que passou pela uruguaia Verónica Cepede Royg na estreia. Pella agora espera para conhecer sua próxima adversária, que sairá do duelo entre a espanhola Laura Pous-Tio e a búlgara Elitsa Kostova.