27°
Máx
13°
Min

Atual tetracampeão, Djokovic desiste de jogar em Pequim por lesão no cotovelo

(Foto: Danilo Borges /ME /Brasil2016) - Djokovic desiste de jogar em Pequim por lesão no cotovelo
(Foto: Danilo Borges /ME /Brasil2016)

Número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic anunciou nesta quarta-feira que desistiu de jogar o Torneio de Pequim, na China, por causa de uma lesão no cotovelo. O ATP 500 se iniciará na próxima segunda-feira.

O atual campeão do Torneio de Pequim afirmou que está "extremamente decepcionado" de ficar de fora da competição em Pequim, onde conquistou os títulos das últimas quatro edições, além de acumular 29 vitórias seguidas.

Invicto em Pequim, Djokovic também foi campeão em 2009 e 2010, tendo ficado de fora da edição de 2011 do torneio. "Vou continuar com a minha reabilitação e espero ter condições de voltar ao circuito da ATP o mais rapidamente possível", declarou Djokovic, de 29 anos.

Finalista do US Open, Djokovic não vem sendo tão dominante nos últimos meses, tanto que caiu nas rodadas iniciais dos Jogos Olímpicos do Rio e de Wimbledon, dando indicações de que problemas físicos estariam influenciados em seus resultados, tanto que reclamou deles desde a sua participação no Grand Slam londrino.

Djokovic, aliás, pouco entrou em quadra após ser campeão de Roland Garros. Além de Wimbledon, do Rio-2016 e do US Open, o sérvio só participou de mais um torneio de então, o Masters 1000 de Toronto, sendo campeão do evento canadense.

Com a desistência do Torneio de Pequim, Djokovic só deverá voltar às quadras no Masters 1000 de Xangai, também na China, marcado para começar em 10 de outubro.