20°
Máx
14°
Min

Bellucci e Demoliner são eliminados por espanhóis nas duplas do US Open

Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner deram adeus nesta segunda-feira ao torneio de duplas masculinas do US Open. Os tenistas brasileiros acabaram derrotados pelos espanhóis Marc López e Feliciano López, cabeças de chave número 8 do Grand Slam norte-americano, que venceram por 2 sets a 0, com duplo 6/3.

Na condição de azarões nas duplas, Bellucci e Demoliner vinha surpreendendo e estavam embalados por duas vitórias seguidas, mas sucumbiram diante do favoritismo da dupla espanhola. Eles tiveram o saque quebrado por quatro vezes no confronto e só conseguiram converter um de sete break points cedidos pelos adversários, perdendo assim em sets diretos.

Com o triunfo sobre Bellucci e Demoliner, a dupla espanhola avançou às quartas de final e se credenciou para enfrentar na próxima fase ninguém menos dos que os irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan, que formam a parceria mais vitoriosa da história do tênis masculino.

Cabeças de chave número 3, os ídolos da casa se garantiram nas quartas de final já no último domingo, quando superaram os também espanhóis David Marrero e Fernando

Verdasco por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 2/6, 6/3 e 7/5.

Com a eliminação de Bellucci e Demoliner, o torneio masculino de duplas do US Open agora conta com apenas dois brasileiros ainda vivos na disputa. Um deles é Bruno Soares, que forma a parceria quarta cabeça de chave da competição com o britânico Jamie Murray e joga ainda nesta segunda-feira contra o norte-americano Brian Baker e o neozelandês Marcus Daniell.

Caso confirmem favoritismo e vençam, Soares e Murray enfrentarão nas quartas de final o brasileiro André Sá e o australiano Chris Guccione, que no último domingo avançaram em Nova York com um triunfo por 2 sets a 0 cobre o espanhol Nicolás Almagro e o dominicano Victor Estrella Burgos.

Ou seja, as semifinais masculinas de duplas do US Open terão, no máximo, um tenista brasileiro. Antes da eliminação da parceira formada por Bellucci e Demoliner, Marcelo Melo decepcionou ao cair já na estreia ao lado do croata Ivan Dodig na condição de segundo cabeça de chave.