24°
Máx
17°
Min

Bellucci oscila demais e cai para Raonic na estreia do Masters 1000 de Madri

O brasileiro Thomaz Bellucci voltou a exibir alguns dos seus velhos erros nesta segunda-feira e acabou eliminado logo na estreia do Masters 1000 de Madri. Diante do favorito Milos Raonic, o número 36 do ranking até ofereceu resistência no início, mas viu o canadense crescer no segundo set e fechar com certa tranquilidade por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/1.

Trata-se da nona derrota de Bellucci nas últimas dez partidas, sendo que a única vitória nesta sequência aconteceu por abandono, contra Mikhail Youzhny, na estreia em Munique. Foi também o segundo resultado negativo do brasileiro em dois confrontos diante de Milos Raonic no circuito da ATP. O outro aconteceu no ano passado, na quadra dura do Masters 1000 de Xangai.

Apesar de todo o cenário desfavorável, Bellucci começou bem o confronto desta segunda-feira. Mesmo diante do 11.º cabeça de chave da competição, foi confirmando seus saques, assim como o adversário, conhecido justamente pelo potente serviço. Mas no tie-break, o brasileiro cometeu dois erros não forçados que deixaram o caminho livre para Raonic largar em vantagem.

Foi o suficiente para Bellucci sair completamente do jogo. O brasileiro exibiu seu conhecido descontrole emocional e deixou que Raonic transformasse o confronto até então equilibrado em um passeio. Foram três quebras em seis oportunidades para o canadense no segundo set, inclusive a que fechou o jogo.

Raonic já sabe seu adversário na segunda rodada do Masters 1000 de Madri. O canadense terá pela frente o ucraniano Alexandr Dolgopolov, número 29 do ranking, que passou na estreia pelo norte-americano Steve Johnson por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7/4).

Outro cabeça de chave que avançou nesta segunda-feira foi o francês Gilles Simon. Listado como 16.º favorito na Espanha, ele passou em três sets pelo cipriota Marcos Baghdatis, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4. Agora, Simon espera por seu adversário, que sairá do confronto entre o espanhol Pablo Carreño Busta e o búlgaro Grigor Dimitrov.

Também por 2 sets a 1, o espanhol Feliciano López levou a melhor sobre o argentino Leonardo Mayer, com parciais de 7/6 (7/5), 4/6 e 6/4. Seu próximo adversário será o vencedor da partida do também espanhol Roberto Bautista Agut, cabeça de chave número 15, com o colombiano Santiago Giraldo.