21°
Máx
17°
Min

Bellucci perde para alemão em Barcelona e sofre sétima derrota seguida

O jejum de vitórias de Thomaz Bellucci prossegue. Nesta quarta-feira, o brasileiro foi eliminado na sua estreia no Torneio de Barcelona, ATP 500 disputado em quadras de saibro, ao perder para o alemão Alexander Zverev por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (3/7) e 7/5, em 2 horas e 27 minutos.

A última vitória de Bellucci no circuito mundial do tênis foi no início de fevereiro, pelas semifinais do Torneio de Quito. Depois disso, o brasileiro perdeu a decisão da competição equatoriana e caiu nas estreias no Rio Open, Brasil Open, Masters 1000 de Indian Wells, Miami e Montecarlo.

O novo revés, agora pela primeira rodada do Torneio de Barcelona, também confirmou a freguesia de Bellucci, o número 35 do mundo, diante de Zverev, o 51º colocado no ranking. O brasileiro perdeu os dois duelos anteriores para o alemão, ambos no ano passado, em Bastad e em Nottingham.

Nesta quarta, Bellucci perdeu o seu saque no segundo e quarto games do primeiro set, devolveu uma das quebras de serviço no terceiro e acabou sendo batido nessa parcial por 6/3. Embalado, Zverev começou o segundo set com uma quebra de saque, que só foi devolvida pelo brasileiro no oitavo.

No 11º game, Bellucci ficou muito próximo de ser eliminado ao perder o seu saque, mas não permitiu que o alemão fechasse o jogo na sequência, convertendo um break point. Depois, venceu a parcial no tie-break e forçou a realização do terceiro set.

Na parcial decisiva, foi Bellucci quem ficou primeiro em vantagem ao conseguir uma quebra de saque no terceiro game, que foi devolvida no sexto. Então, no 12º, quando tentava levar mais uma parcial para o tie-break, perdeu o seu saque e acabou sendo novamente derrotado por Zverev.

Classificado às oitavas de final em Barcelona, o alemão agora terá pela frente o tunisiano Malek Jaziri, número 76 do mundo, que bateu o argentino Renzo Olivo por 6/1, 4/6 e 6/3.

Também nesta quarta, o alemão Philipp Kohlschreiber (27º) venceu o espanhol Pablo Carreno Busta por 6/2 e 6/1, enquanto o italiano Fabio Fognini (31º) superou o russo Mikhail Youzhny (3/6, 6/0 e 6/1).