27°
Máx
13°
Min

Bellucci supera português na estreia em torneio chinês

(Foto: Ministério do Esporte) - Bellucci supera português na estreia em torneio chinês
(Foto: Ministério do Esporte)

O brasileiro Thomaz Bellucci estreou com vitória no Torneio de Shenzhen, ATP 250 chinês disputado em quadras duras. Nesta terça-feira, o número 81 do mundo superou o português Gastão Elias, 61º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com duplo 6/3, em 1 hora e 22 minutos.

Esta foi a primeira vitória de Bellucci desde que ele fez boa campanha nos Jogos Olímpicos do Rio, em agosto, parando nas quartas de final, depois sendo eliminado na sua estreia no US Open e perdendo os dois jogos que fez no confronto com a Bélgica pelos playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis.

Diante de Elias, Bellucci começou melhor a partida, abriu 3/0 com uma quebra de saque precoce e fechou o primeiro set em 6/3. Na segunda parcial, o brasileiro abriu boa vantagem ao conseguir quebra de serviço no quinto game. E depois ele voltou a triunfar por 6/3 ao converter mais um break point no nono game.

Agora Bellucci espera a definição do seu próximo adversário em Shenzhen, que sairá do duelo entre o alemão Alexander Zverev, que vem embalado pela conquista do título do Torneio de São Petersburgo no último fim de semana, e o japonês Yoshihito Nishioka.

Também nesta terça, o francês Benoit Paire, número 38 do mundo, superou o georgiano Nikoloz Basilashvili (6/7, 7/5 e 6/3) e agora vai duelar com o sérvio Janko Tipsarevic (224º), que passou pelo chinês Zhang Ze (7/6 e 6/4).

O checo Jiri Vesely, número 52 do mundo, superou Pablo Andujdar por 6/2 e 7/6 (7/8), e agora vai duelar com outro espanhol Inigo Cervante (77º), que passou pelo japonês Akira Santillan (6/2 e 7/6).

O casaque Mikhail Kukushkin (80º) superou o checo Lukas Rosol (6/3, 6/7 e 7/6) e será o adversário de estreia de Tomas Berdych, também da República Checa e cabeça de chave número 1. O norte-americano Ryan Harrison e o tunisiano Malek Jaziri também venceram nesta terça e serão os rivais de estreia do australiano Bernard Tomic e do belga David Goffin, respectivamente.

DUPLAS - Além de Bellucci, quem também venceu nesta terça-feira em Shenzhen foi André Sá. Pela chave de duplas, o mineiro e o australiano Chris Guccione superaram o australiano Bernard Tomic e o italiano Thomas Fabbiano por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 10/4, em 1 hora e 6 minutos.

Sá e Guccione tiveram o saque quebrado uma vez no primeiro set e deram o troco no segundo, forçando a realização do match tie-break, quando o brasileiro e o australiano foram soberanos, garantindo a passagem para as quartas de final em Shezhen.

Em 20º lugar no ranking da ATP das duplas, Sá e Guccione se destacaram recentemente no US Open, avançando até as quartas de final. Além disso, eles são os atuais vice-campeões do torneio chinês.