23°
Máx
12°
Min

Brasileiros vão mal e ficam sem vaga no 1º dia do Pré-Olímpico de Tênis de Mesa

O Brasil chegou ao Pré-Olímpico Latino-Americano de Tênis de Mesa como favorito a garantir as três vagas possíveis no Rio-2016 já no primeiro dia. Mas não foi isso que se viu nesta sexta-feira em Santiago. Todos os brasileiros foram eliminados de forma precoce para rivais de menor expressão.

No masculino, Gustavo Tsuboi perdeu para o chileno Felipe Olivares, número 265 do ranking mundial, por 4 sets a 3, e se despediu nas quartas de final. O brasileiro, que é disparado o melhor latino do ranking, volta a jogar no sábado, quando mais duas vagas estarão em jogo. A porto-riquenha Adriana Diniz e a colombiana Lady Ruano, finalistas nesta sexta, já não competem mais. Depois, no domingo, mais uma credencial para o Rio-2016 será disputada.

No feminino, Caroline Kumahara perdeu logo na estreia para a cubana Idalys Lovet por 4 a 3. Na segunda rodada, Gui Lin caiu frente a Lisi Castillo, também de Cuba, por 4 a 2, enquanto a jovem Bruna Takahashi, de apenas 15 anos, foi eliminada por Neridee Nino, da Venezuela, em mais um jogo de sete sets.

As brasileiras voltam a brigar por duas vagas olímpicas no sábado e, se necessário, no domingo. Caso duas brasileiras obtenham a classificação no sábado, ninguém joga domingo. As três estão entre as quatro melhores do ranking mundial entre as inscritas e, junto com Lígia Silva, fizeram a semifinal do Campeonato Latino-Americano, em fevereiro. Por isso, chegaram com status de favoritas.

No masculino, o Brasil também tinha a possibilidade de levar três mesa-tenistas a Santiago, mas optou por só enviar Gustavo Tsuboi, uma vez que, com Hugo Calderano já classificado para o Rio-2016 como campeão dos Jogos Pan-Americanos, o País só pode classificar um jogador pelo Pré-Olímpico.

De qualquer forma, serão três homens e três mulheres brasileiras no Rio-2016, uma vez que o Brasil participa da competição por equipes. Para jogar em simples, entretanto, só há o convite para um jogador por chave. No masculino, com a classificação de Calderano, o convite foi descartado.