28°
Máx
17°
Min

Búlgaro Dimitrov surpreende e elimina Andy Murray em Miami

(Foto: Divulgação)  - Búlgaro Dimitrov surpreende e elimina Andy Murray em Miami
(Foto: Divulgação)

Vice-líder do ranking mundial, Andy Murray não passou bem pelos dois eventos da série Masters 1000 jogados nos Estados Unidos. Depois quatro boas campanhas seguidas em Miami, desta vez ele foi surpreendido pelo búlgaro Grigor Dimitrov, 28.º do ranking mundial. Nesta segunda-feira, pela rodada anterior à de oitavas de final, o britânico foi derrotado de virada por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (1/7), 6/4 e 6/3.

Entre 2012 e 2015, Murray fez três finais em Miami. Quando caiu nas quartas de final, em 2014, foi diante de Novak Djokovic. Agora, as eliminações na terceira rodada tanto em Miami quanto em Indian Wells só não vão lhe custar o segundo lugar no ranking mundial porque Roger Federer, o terceiro colocado, não disputou nenhum dos dois torneios.

Em Miami, a eliminação veio diante de um rival que não vencia um Top 5 do ranking mundial há quase dois anos. Em má fase, Dimitrov não disputa uma final desde 2014 e deixou a lista dos 20 melhores do mundo. Nesta segunda, entretanto, voltou a mostrar o tênis que o fez ser apontado como uma das promessas da modalidade.

No primeiro set, ninguém conseguiu a quebra e a decisão foi só no tie-break. Murray cresceu na hora certa e garantiu o primeiro set. Logo no início do segundo, entretanto, o búlgaro quebrou o serviço do rival duas vezes seguidas e abriu 4/0. O britânico até respondeu com uma quebra, no sexto game, mas Dimitrov fechou em 6/4.

O terceiro e decisivo set começou com os dois tenistas confirmando seus serviços. No sétimo game, entretanto, Dimitrov conseguiu a quebra e sacou para abrir 5/3. Murray não conseguiu reagir e viu o jogo acabar no seu próprio serviço.

Nas oitavas de final, Dimitrov vai jogar contra quem vencer o duelo entre o francês Gael Monfils (16.º cabeça de chave) e o uruguaio Pablo Cuevas (23.º). Pelo mesmo lado da chave, o espanhol Roberto Bautista Agut (17.º) surpreendeu o francês Jo-Wilfried Tsonga (nono), venceu por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/3 e 7/6 (7/3), e se classificou. Agora vai pegar o japonês Kei Nishikori (sexto), que passou fácil pelo ucraniano Alexandr Dolgopolov (27.º), num duplo 6/2.

Algoz do brasileiro Rogério Dutra Silva e do suíço Stan Wawrinka, o russo Andrey Kuznetsov, número 51 do ranking mundial, eliminou o francês Adrian Mannarino, 64.º, com direito a pneu: 2/6, 7/5 e 6/0. Seu próximo adversário sairá do confronto entre o norte-americano Tim Smyczek e o australiano Nick Kyrgios.