26°
Máx
19°
Min

Campeã do US Open, Kerber se torna 22ª tenista a liderar o ranking da WTA

(Foto: Getty Images) - Campeã do US Open, Kerber se torna 22ª tenista a liderar ranking
(Foto: Getty Images)

Angelique Kerber entrou nesta segunda-feira para uma seleta lista de 22 tenistas que já lideraram o ranking da WTA. E a condição foi assegurada em grande estilo, pois no último fim de semana a alemã conquistou o título do US Open, desbancando a norte-americana Serena Williams da condição de número 1 do mundo.

Com a conquista, Kerber chegou aos 8.730 pontos e ainda abriu vantagem confortável para a agora segunda colocada, Serena. A norte-americana caiu nas semifinais do US Open e agora acumula 7.050 pontos, quase 1.700 a menos, portanto, do que a alemã, após liderar a lista por 186 semanas consecutivas.

Assim, esta é a primeira vez desde fevereiro de 2013 que o ranking da WTA não tem Serena Williams como número 1 do mundo, condição alcançada em razão da ótima temporada de Kerber, que também foi campeã do Aberto da Austrália e vice de Wimbledon, em finais disputadas com a norte-americana. E ela se tornou a primeira alemã a liderar a lista desde a lenda Steffi Graf.

Campeã de Roland Garros, a espanhola Garbiñe Muguruza permanece em terceiro lugar mesmo após ser eliminada na segunda rodada do US Open, com 5.830 pontos, mas com apenas 15 a mais do que a polonesa Agnieszka Radwanska, que deixou a disputa nas oitavas de final. Já a romena Simona Halep, que parou nas quartas de final, é a quinta colocada.

A checa Karolina Pliskova ascendeu do 11º para o sexto lugar no ranking, alcançando a sua melhor posição na carreira. Isso ocorreu após ela ser vice-campeã do US Open - antes, nunca havia passado da terceira rodada nos Grand Slams - com uma campanha em que venceu as irmãs Williams.

Pliskova, então, deixou para trás Venus Williams, a quem superou nas oitavas de final e caiu para a sétima posição. A espanhola Carla Suárez Navarro, que caiu na mesma fase, subiu quatro postos e agora está em oitavo lugar. E o Top 10 é completado pela norte-americana Madison Keys, eliminada nas oitavas de final do US Open, e pela russa Svetlana Kuznetsova, que caiu na segunda rodada.

Já Victoria Azarenka e Roberta Vinci deixaram o seleto grupo das dez melhores tenistas do mundo. A bielo-russa caiu da sétima para a 11ª posição após não jogar o US Open por estar grávida. Já a italiana despencou do oitavo para o 15º lugar depois de perder nas quartas de final para Kerber - havia sido vice-campeã em 2015.

Teliana Pereira, por sua vez, despencou no ranking, deixando o Top 150. Agora ela é a número 152 do mundo depois de levar um "pneu" na primeira rodada do US Open e cair na estreia no ITF de Budapeste. Com 374 pontos, tem apenas 23 de vantagem para Paula Gonçalves, a 158ª colocada, e vê a sua condição de número 1 do Brasil ameaçada.

Confira a classificação atualizada do ranking da WTA:

1ª - Angelique Kerber (ALE), 8.730 pontos

2ª - Serena Williams (EUA), 7.050

3ª - Garbiñe Muguruza (ESP), 5.830

4ª - Agnieszka Radwanska (POL), 5.815

5ª - Simona Halep (ROM), 4.801

6ª - Karolina Pliskova (RCH), 4.425

7ª - Venus Williams (EUA), 3.815

8ª - Carla Suárez Navarro (ESP), 3.330

9ª - Madison Keys (EUA), 3.286

10ª - Svetlana Kuznetsova (RUS), 3.250

11ª - Victoria Azarenka (BLR), 3.121

12ª - Dominika Cibulkova (ESQ), 3.100

13ª - Johanna Konta (GBR), 2.865

14ª - Timea Bacsinszky (SUI), 2.773

15ª - Roberta Vinci (ITA), 2.595

16ª - Petra Kvitova (RCH), 2.390

17ª - Anastasia Pavlyuchenkova (RUS), 2.255

18ª - Samantha Stosur (AUS), 2.200

19ª - Elena Vesnina (RUS), 2.114

20ª - Elina Svitolina (UCR), 2.101

152ª - Teliana Pereira (BRA), 374

158ª - Paula Gonçalves (BRA), 351